Nesta terça-feira (05) o Bitcoin (BTC) ultrapassou o nível de US$ 50.000 pela primeira vez em um mês. Além disso, a criptomoeda ainda saiu em vantagem ontem quando o Facebook saiu do ar por algumas horas. 

As altcoins acompanharam o movimento ao norte do Bitcoin, mas não conseguiram diminuir a dominância dele, que agora saltou para 41,5% segundo o CoinGoLive.

Ultrapassando os US$ 50.000 o Bitcoin chega mais perto de US$ 100.000 depois que o FAcebook caiu
Fonte: CoinGoLive.com.br

Bitcoin (BTC) ultrapassou o nível de US$ 50.000 

Muita coisa aconteceu depois que o Bitcoin encostou, no último dia de setembro, em US$ 41.000. O início do mês de outubro foi abastecido de boas notícias que impulsionaram os touros, já que logo após o FED anunciar que não iria proibir as criptomoedas nos EUA, a criptomoeda saltou 12% num instante. 

Atualmente, o Bitcoin é negociado a US$ 50.583 – R$ 272.804 nas principais corretoras brasileiras, após ter subido quase 6% em 24 horas, segundo o CoinGoLive.

Enquanto isso, o Facebook que saiu do ar durante algumas horas ontem, perdeu o seu lugar no ranking de capitalização de mercado para a criptomoeda. Em termos de capitalização de mercado, o Bitcoin supera o Facebook, já que no total acumula aproximadamente 950 bilhões de dólares na sua rede quase infalível. 

Ranking por capitalização de mercado – Fonte: assetdash.com/

Para ajudar mais ainda nessa tendência de alta que o Bitcoin está sinalizando, os investidores de longo-prazo, os mãos de diamante, continuam acumulando satoshis em suas carteiras e pressionando a oferta de moedas que está cada vez mais escassa. 

Segundo a análise on-chain da Glassnode, Long Term Holders (LTH) adicionaram US$ 2,35 milhões em BTC às suas pilhas desde que o estoque chegou ao fim em março. No mesmo período, apenas 180 mil Bitcoin haviam sido minerados. 

Isso significa que os LTHs acumularam 13 vezes mais moedas do que as produzidas por meio de novas emissões nos últimos 7 meses.

Fonte: Glassnode

Leia também: Mãos de diamante: Holders detém 80% da oferta de Bitcoin

Sendo assim, a capitalização de mercado do Bitcoin cresce junto com a sua dominância sobre as altcoins. 

Altcoins acompanham movimento ao norte

Nesta manhã, as altcoins acompanharam o movimento ao norte do Bitcoin. 

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (+3,13%), Cardano (+2,81%), Binance Coin (+3,80%), Solana (+0,76%), Ripple (+3,38%),  Polkadot (+3,51%), Dogecoin (+10,45%), Terra (+0,95%), Avax (-0,59%), Uniswap (+1,01%) e Algorand (-0,89%).

A capitalização de mercado acumulada de todas as criptomoedas saltou para US$ 2,2 trilhões desde ontem.

Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes, acesse.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br