Más notícias para o mercado de criptomoedas: o bitcoin está sendo negociado na faixa dos US$8.700, chegando a desvalorizar 7% com a pior cotação do mês que chegou a US$8620,00.

Segundo indicador Chaikin Money Flow (CMF), o bitcoin passou a ocupar a sobrecompra. Por conta disso, o movimento negativo causou forte desvalorização da moeda, chegando a menos de R$39 mil no Brasil.

Também de acordo com algumas especulações, a causa possível seria por conta do surto de coronavírus na China; durante o carnaval, novos casos de suspeita se espalharam pelo país.

Veja também: Coronavírus já afeta mineração de Bitcoin

Bovespa também sofre com o surto

Na quarta-feira 26, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, também chegou a cair 7%, atualmente residindo em 105.718 pontos. Consequentemente, o dólar sofreu acréscimo e chegou ao pico de R$4,44 pela primeira vez.

Ibovespa hoje

Graças ao Carnaval, a bolsa ficou fechada na segunda e na terça-feira, apenas retomando funcionamento às 13h desta quarta-feira.

Simultaneamente, nesta mesma semana, presenciamos a queda das bolsas estadunidenses (Dow Jones, S&P) e europeia, que já estão em recuperação.

Investidores nos EUA começaram a retrair por conta dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças pedirem aos norte-americanos que se preparem para a propagação do vírus no país.