A Bitfinex confirmou que vai realizar uma Oferta Inicial de Exchange no valor de US $ 1 bilhão (IEO), a confirmação foi feita em um whitepaper divulgado hoje.

A Bitfinex, que enfrenta o investigação legal de autoridades que a acusam de perder US $ 850 milhões, sugeriu que tentaria vender seus próprios tokens no início deste mês.

O lançamento de um documento oficial revela poucas mudanças em relação aos rumores originais, com a venda de até 1 bilhão de tokens nomeados LEO, cada uma valendo 1 tether (USDT), a oferta terá duração até 11 de maio.

Os tokens serão semelhantes ao Binance Coin (BNB) e poderão ser utilizados para pagar taxas com desconto dentro da Bitfinex.

Os investidores poderão usar tokens para várias atividades em bolsa, enquanto a Bitfinex, se todo o suprimento for vendido, cobrirá a lacuna deixada pelos fundos em falta.

O dia 11 de maio marcará o ponto de corte das vendas para investidores privados, enquanto uma fase de vendas públicas poderá começar depois.

“Se menos de 1 bilhão de tokens USDT forem vendidos por venda privada, a Emissora poderá, a partir de então, vender os tokens remanescentes de uma maneira que julgar apropriada a seu exclusivo critério, de acordo com a lei aplicável”, confirma o whitepaper.

A IFinex, controladora da Bitfinex e da Tether, continua a contestar as alegações legais em um tribunal dos Estados Unidos, com um juiz na segunda-feira em parte aliando-se aos co-réus.

Os IEOs estão se tornando cada vez mais populares entre as bolsas em 2019, com plataformas ansiosas para manter as vendas internas e aumentar o controle do processo.

Como relatado pela Cointelegraph, o primeiro IEO começou em abril, enquanto anteriormente, a controvérsia surgiu sobre os planos de Da exchange Bgogo para realizar uma venda envolvendo IOUs para tokens de terceiros que não existiam de fato.

Notícia de: Cointelegraph