Em live do evento “O Grande Investidor”, organizado pelo Cointimes em parceria com a Foxbit, o analista Bo Williams comparou o desempenho da Magazine Luiza na bolsa de valores com o Bitcoin, que recentemente atingiu alta histórica no Brasil.

Com 24 anos de experiência no mercado financeiro, Bo já passou pela Clear e XP, além de ter sido o fundador do método PhiCube de análise técnica. Segundo ele, o valor de mercado do ouro significa um potencial de crescimento para o Bitcoin – ponto de vista compartilhado com analistas do Citibank.

Quando comentando sobre previsões “otimistas demais” de terceiros, Bo disse que “se você considerar a quantidade de moeda fiat sem lastro sendo injetada na economia mundial pelos bancos centrais, a gente pode imaginar o bitcoin chegando em US$ 1 milhão em uns 3 ou 4 anos sim”.

“O número de bitcoins são limitados e a economia mundial só cresce, [ao ponto] de ter centenas de trilhões de dívidas no mundo inteiro. Aí já estão falando em ter um segundo Bretton Woods, ‘vamos fazer um reset, um novo sistema financeiro mundial’, e logicamente que vai ser digital.”, finalizou ele.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Entenda mais sobre o “reset financeiro mundial”.

Ao analisar a ferramenta PhiCube no gráfico BTC/USD, é possível ver que o bitcoin foi impulsionado de forma mais forte após ultrapassar as duas linhas verdes em julho, segundo o analista. “Quando se tem duas linhas verdes, o alvo é a terceira linha. E três linhas verdes é lua!”

Bitcoin, uma nova Magalu?

Bo, que já vem com um bom histórico de acertos durante as lives do Desafio O Grande Investidor, então passou a comparar a performance do bitcoin em reais com a ação da Magazine Luiza, a MGLU3.

“Para todo mundo ter uma noção do que acontece quando você ganha acima de uma linha verde, todo mundo sabe o caso de Magazine Luiza, né? O que não todo mundo sabe é que MGLU3 está acima de três linhas verdes desde 34 centavos, em julho de 2016.”

Quando pensavam que a ação não poderia “ir para a lua”, venderam em 1 real, em R$ 10… “Mas agora está em 30 reais, ou seja, subiu em um fator de quase 100 vezes e continua acima de 3 linhas verdes”, disse Bo.

O Bitcoin em reais só atingiu essa marca no modelo de análise PhiCube uma vez, em dezembro de 2017, mas logo perdeu força e entrou em um bear market. Desta vez, porém, Williams acredita que o btc pode subir “em um fator de 10 vezes tranquilamente”. “Tenho bastante confiança em R$ 120 mil”, disse.

De acordo com o investidor, ele faz aportes em btc semanalmente. Não será a primeira vez que Bo Williams acertou, veja suas análises anteriores:


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!