Josh Ellithorpe, ex-oOacle e atualmente engenheiro na Coinbase, chamou atenção da comunidade de criptomoedas ao afirmar que as moedas digitais do bancos centrais podem em poucos anos eclipsar o mercado de criptomoedas. 

Espero que as pessoas percebam que especular em criptomoedas, e não se concentrar em projetar/usar o melhor dinheiro possível que pudermos hoje, significa que o CDBC assumirá completamente em alguns anos. Quando isso acontecer, não haverá ninguém para culpar além de nós mesmos. Prioridades.” tuitou Josh Ellithorpe.

A fala de Josh vem em um momento em que os Bancos Centrais ao redor do mundo discutem a criação de moedas digitais próprias para tentar competir com as soluções de criptomoedas e moedas privadas digitais que ameaçam o monopólio estatal neste campo. 

O mapa abaixo exemplifica isso, mostrando os países que estão pesquisando soluções de moedas digitais (verde), os que já têm uma prova de conceito (roxo), aqueles com algum piloto (laranja), de azul o único que país que lançou oficialmente e de vermelho a Dinamarca (cancelou o projeto)

No Brasil, o Banco Central começou a discutir as CBDCs e pretende lançar um conceito de prova ainda em 2022. Apesar de possivelmente maior usabilidade e aceitação devido ao poder legal do Estado, as CBDCs ainda podem herdar as características negativas das moedas estatais comuns. 

O Real Digital não mudará o fato que mais de 85% do poder de compra do real foi corroído desde sua criação; que a inflação superou os dois dígitos e a moeda brasileira continua sendo uma das piores do mundo se compararmos a performance perante o dólar. 

Apesar disso, o comentário de Josh faz algum sentido visto que a adoção do Bitcoin no comércio estava desacelerando até o final de 2019, a porcentagem de adoção do BTC nos comércios vinha caindo. Com a adoção de El Salvador à criptomoeda, esses números melhoraram em 2021 mas ainda estão longe de uma adoção em massa. 

Até mesmo alguns dos grandes apoiadores do Bitcoin, como Michael Saylor, acreditam que a criptomoeda não competirá com as moedas estatais como uma forma de pagamento e ficará reservado como uma espécie de ouro digital. 

“Não precisamos substituir o Euro e o Dólar. Os banqueiros vão ficar chateados com a substituição do Euro e do Dólar.” – Michael Saylor

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.