As criptomoedas estão mudando a forma como o mundo enxerga não apenas o dinheiro, mas as finanças de uma maneira geral. E algumas coisas que eram simplesmente impossíveis antes do surgimento da cripto-economia se tornaram reais. 

Por exemplo, você sabia que é possível pegar empréstimos milionários através das Finanças Descentralizadas (DeFi) sem garantias através de empréstimos instantâneos? E o melhor de tudo, sem bancos e análise de crédito.  Saiba como isso funciona.

Vamos imaginar que você precise de um dinheiro momentaneamente, porém você não quer vender nenhum bem para isso, logo, a melhor solução nesse caso, seria realizar um empréstimo. Para que isso ocorra, algum credor lhe concederia dinheiro emprestado e você forneceria algo como garantia, como uma casa, veículo ou posse.

Após você conseguir o dinheiro para pagar o empréstimo, normalmente acrescido de juros, você pagará o seu credor, e sua casa, veículo ou bem deixará de ser a garantia, pois a operação já estará finalizada.

Contudo, é possível realizar empréstimos sem a necessidade de garantias com as criptomoedas, com o chamado ‘empréstimo instantâneo’. Porém, isso não é exatamente como um empréstimo tradicional, sendo muito mais uma oportunidade para realizar lucro do que de fato um empréstimo onde você poderá gastar o dinheiro como desejar.

Empréstimos instantâneos

Os empréstimos instantâneos permitem que você pegue um determinado valor emprestado para realizar uma operação definida em um smart contract onde você acredita ter encontrado uma oportunidade para lucrar.

Um smart contract — também conhecido como contrato inteligente ou contrato digital — é um código de computador auto-executável desenvolvido para facilitar, efetivar e proteger as operações financeiras em blockchain.

Contratos inteligentes formalizam negociações entre duas ou mais partes, sem precisar de agentes mediadores. O conceito de smart contract remete à década de 1990 e foi concebido para designar programas de computador aptos a definir normas e penalidades de uma forma tão segura quanto os contratos tradicionais.

Leia mais: Afinal, o que é um smart contract? Entenda a tecnologia

Como os empréstimos são instantâneos e você precisa provar que existe uma oportunidade para lucro em uma determinada operação, o empréstimo faz sentido tanto para você, quanto para o seu ou seus credores – que não terão risco algum te emprestando milhões de dólares. 

Isso pode soar um pouco abstrato, mas na verdade é mais simples do que parece. Entenda como funciona a operação com um exemplo real:

  • Você observa que existe uma discrepância de preços na stablecoin (moeda digital pareada com o dólar) DAI entre os protocolos Uniswap e Curve – que nada mais são do que corretoras em blockchain.  Ex: CURVE: 1 DAI = 1 USD               Uniswap:  1 DAI = 0,99 USD
  • Você pega emprestado US$100 mil em um empréstimo instantâneo e compra aproximadamente 101.010 DAI no Uniswap
  • Você pega os 101.010 DAI e vende no CURVE, ficando com 101.010 USD
  • Você paga o valor do empréstimo acrescido de juros

Por exemplo, o protocolo AAVE cobra uma taxa de 0,09% por empréstimo. Com isso, o total pago ao credor = US$100.900. Lucro = US$110

A operação é ilustrada na imagem abaixo:

Empréstimos Instantâneos. Fonte: Finematics.
Empréstimos Instantâneos. Fonte: Finematics.

Além disso, os custos do smart contracts são por sua conta, e devem ser descontados da operação para se calcular os lucros.

Considerações

É possível que ocorra uma derrapagem de preço, isso acontece quando o preço do ativo a ser negociado muda de valor seja positiva ou negativamente. Dessa forma, em momentos de volatilidade ou quando algum usuário, ou mesmo a sua própria operação, afeta a liquidez e alteram os preços vigentes.

Também é possível que outra pessoa ou robôs vejam a mesma oportunidade que você e realizem a mesma operação com uma taxa maior do que a sua para pegarem a oportunidade primeiro. Nesses casos onde o valor é alterado, o smart contract simplesmente não será executado. Porém, você deverá arcar com as taxas de transação do blockchain. 

Esse é somente um exemplo de diferentes operações que podem ser realizadas nas Finanças Descentralizadas (DeFi) criadas no mercado de criptomoedas. 

Apesar de um pouco complicadas, elas abrem novas possibilidades de investimentos e dão maior liberdade financeira. 

O que você pensa sobre esse tipo de operação? Muito arriscada ou complicada demais? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Leia mais: Depois de bater US$ 55 mil, bitcoin não é a cripto que mais pode se valorizar em 2021

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br