O que os grandes gestores e investidores estão fazendo nesse momento de crise? É isso que vamos responder nesse post.

Reunimos informações sobre as estratégias de grandes fundos e o que os bilionários de Wall Street estão fazendo.

Olhando para o passado

Mas antes de vermos o que s grandes players estão fazendo, é importante olhar para o passado e entender qual é o horizonte de investimentos desses gigantes do mercado.

Por isso, preparamos uma matéria sobre o tempo médio de recuperação econômica após as últimas grandes crises e extrapolamos esses números para nossa situação.

Leia o texto “Quanto tempo vai levar para as bolsas se recuperarem do coronavírus?” e volte aqui para entender as estratégias de Warren Buffett e grandes gestores.

O que os grandes gestores estão fazendo?

Leon LaBrecque, chefe de crescimento do fundo Sequoia que gere US$4,2 bilhões, aconselha a segurar firme agora. Nada de vender ações para seus clientes com posição aberta, pelo menos por enquanto.

Já Steven Morton da Captrust Financial Advisors é mais ousado. Ele está “vendendo títulos do governo e comprando ações”.

Indo no mesmo sentido está Bill Ackman, CEO da Pershing Square Capital Management. Ele acredita que nesse momento temos oportunidades de compra incríveis.

“Essas são pechinchas da vida se administrarmos corretamente essa crise.”, disse Ackman no Twitter.

Por outro lado, para Andrew Komarow da Tenpath Financial Group que gere US$100 milhões, diz para seus clientes que a “melhor coisa a fazer é nada”.

Se os sinais são confusos vindo de alguns gestores, para Warren Buffett a estratégia parece clara.

O que Warren Buffett está fazendo?

Segundo a Bloomber, a holding de Warren Buffet está aproveitando a queda nos preços das companhias aéreas. O Oráculo de Omaha comprou US$45,3 milhões em ações da Delta Airlines, agora ele é dono de 11% da companhia.

E isso significa mais do que o olho comum poderia imaginar. Como sabemos, as companhias aéreas estão com sérios problemas devido ao fechamento de fronteiras e diminuição de viagens.

Nos últimos anos, grandes empresas do setor queimaram caixa recomprando ações e agora passam por dificuldades em meio a crise.

Por este motivo elas gritam por um bailout, ou seja, o governo resgata essas empresas com dinheiro de impostos.

Em 2008 Warren emprestou dinheiro para as companhias mais afetadas na crise financeira, especificamente bancos como JpMorgan. Mas ele não fez isso por ser uma boa pessoa.

Na época ele declarou:

“Se eu não achasse que o governo fosse agir, não faria nada esta semana. Seria um erro comprar qualquer coisa agora se o governo se afastasse da proposta de Paulson [bail out]”

E muito provavelmente as companhias aéreas terão um bailout de US$50 bilhões do governo norte-americano, aliás, esse dinheiro já está incluso no pacote de 1,2 trilhão de Trump.

E aí, gostou de saber sobre os planos de grandes investidores? Qual será sua estratégia nessa crise? Comprar mais ou esperar o mercado estabilizar e dar sinais de recuperação?