Após a forte queda nos preços do bitcoin e de várias criptomoedas observada nos últimos dias, a terceira maior baleia de BTC aproveitou para comprar mais porções do ativo, num preço próximo a US$ 40,5 mil.

Com essa compra, a baleia agora possui 111.795 BTC (cerca de US$ 25,175 bilhões).

Em abril, esse mesmoendereço vendeu uma parte substancial de seu volume quando a principal criptomoeda do mundo disparou para os níveis mais altos de todos os tempos, acima de US$ 60.000.

Durante a correção subsequente, quando o ativo voltou a ficar abaixo de US$ 40.000, a baleia retomou seu apetite, fazendo várias compras consecutivas. Curiosamente, quase todas elas vieram quando o bitcoin caiu milhares de dólares dos picos de preço.

De acordo com um analista do CryptoQuant, essa carteira possui um lucro não realizado de US$ 2,4 bilhões.

A estratégia “buy the dip” (“compre a queda”) é particularmente popular no espaço de criptomoedas e HODLers, que muitas vezes usam as quedas de preço para acumular mais unidades de criptomoedas por preços mais baixos.

Agora, porém, essa tendência parece estar se expandindo bem além da comunidade e em países inteiros. Conforme relatado recentemente, El Salvador também comprou 150 novos bitcoins depois que o BTC voltou a US$ 45.000.

Assim, a nação, que foi a primeira a legalizar o bitcoin no início deste mês, tem um estoque total de 700 moedas (no valor de aproximadamente US$ 30 milhões com os preços de hoje). Além disso, o líder do país, Nayib Bukele, deu o conselho presidencial de que “eles nunca podem vencê-lo se você comprar a queda”.

Leia mais:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br