A onda verde está tomando conta da Europa, a preocupação com o meio ambiente nunca foi tão grande entre os jovens. E essa preocupação passa pelo sistema financeiro, como fazer um sistema mais eficiente e limpo?

Isso é o que James Levelle vai mostrar para a ONU no final de sua jornada épica. Conheça mais sobre essa saga na entrevista traduzida por Guillermo Peccilli e entregue com exclusividade ao Cointimes…..


Andy da Nano Foundation entrevistou James Levelle!

James Levelle é um cineasta e aventureiro premiado, atualmente correndo 7000 milhas, sem consumo de combustível fóssil, do Reino Unido a Santiago do Chile. Em uma missão para conhecer jovens inspirados que enfrentam a crise climática, James pretende fornecer uma plataforma para suas vozes.

A jornada será concluída com a entrega de suas mensagens em vídeo sobre a crise climática na Conferência do Clima da ONU, em dezembro. A Nano Foundation tem orgulho de apoiar James em sua jornada.

JAMES M LEVELLE – Adventure Filmmaker – 90secs from James M Levelle on Vimeo.

Você pode nos contar um pouco sobre você e como você começou essa jornada?

Sou cineasta de documentários com uma paixão indomável por histórias que inspiram uma melhor compreensão do mundo natural e nossa conexão vital com ele. Ao longo dos anos, tive o privilégio de trabalhar com pessoas incríveis, seja em filmes para ONGs sobre vida selvagem e meio ambiente ou em minhas várias aventuras na TV comemorando o melhor da humanidade.

Depois de um verão filmando dentro dos olhos de furacões, entendo como o caos climático pode ser fatal. Estou extremamente preocupado com esta emergência ecológica em que nos encontramos. É esmagador e aterrorizante, mas o que mais me inspirou nesta crise é a maneira como os jovens estão se intensificando e tentando fazer suas vozes serem ouvidas.

Acho que essa jornada de 11.000 quilômetros sem combustível fóssil é a melhor maneira de contribuir com minhas habilidades de cinema de aventura para capacitar a juventude global. Quero ampliar a voz deles, unir todos eles nessa jornada dinâmica e projetar o poder dessa unidade para os políticos e o mundo na conferência climática.

Por que concentrar tanta energia em alcançar a geração mais jovem?

Simples… é o futuro deles. Indiscutivelmente, a crise climática é o maior desafio que a humanidade já enfrentou. A geração mais jovem tem mais em jogo, mas sem a capacidade de votar, suas vozes raramente são ouvidas.

Quero conhecer o maior número possível de jovens nessa jornada épica, documentar suas esperanças, medos e demandas e expressar suas vozes na forma de um curta-metragem poderoso e emotivo para políticos e o mundo na Conferência do Clima da ONU no Chile em dezembro.

A grande questão para mim é: os jovens podem ser a chave para mudar os corações e mentes dos adultos e acabar com a indecisão que ameaça seu futuro?

De quais dependências de combustíveis fósseis você acha que encontraremos mais dificuldades de nos afastarmos?

Eu acho que acharemos difícil nos afastar de nossa dependência da geração de energia a partir de combustíveis fósseis. A demanda por energia está sempre aumentando e, se esperamos tornar a troca elétrica, precisaremos de mais eletricidade do que nunca. A grande questão é se podemos gerar tudo isso através de energia renovável.

Gráfico com consumo de combustíveis fósseis
Fonte: https://ourworldindata.org/fossil-fuels

Esta viagem é uma oportunidade fantástica para eu explorar opções de transporte sem combustível fóssil, mas também descobrir quais são as possibilidades para um futuro mais ecológico.

A raça humana está em uma encruzilhada crítica, e eu realmente espero que esta missão possa mostrar às pessoas caminhos positivos. Há muitas coisas que todos podemos fazer para contribuir, geralmente precisamos apenas descobrir o que funciona para nós. É por isso que fizemos parcerias com organizações com idéias semelhantes, como a Nano Foundation. Temos a oportunidade de apresentar ao mundo as maneiras pelas quais eles podem fazer a diferença e, no caso do Nano, dar acesso a um sistema financeiro sustentável fortalecedor.

E como os jovens podem se envolver e contribuir para a mensagem?

Ao longo do caminho, estou reunindo centenas de mensagens de crise climática dos jovens que conheço, mas quero que jovens de todo o mundo tenham suas vozes ouvidas. O legal é que eles podem fazer exatamente isso enviando suas mensagens pela página ‘The Message’ no site da expedição.

Você já percorreu milhares de quilômetros em sua jornada até agora. Você pode compartilhar alguns dos altos e baixos da viagem até agora?

A viagem foi ininterrupta e completamente cheia de ação. Se eu tivesse que escolher alguns destaques, o primeiro dia da aventura partindo de madrugada da costa sul da Inglaterra era verdadeiramente épico.

Paris me surpreendeu quando conheci um pastor urbano, movendo seu rebanho de ovelhas pela cidade, quando crianças das torres acima se deliciavam em acariciar esses amigos fofos de quatro patas.

Em Madri, conheci duas jovens, Maria e Andrea, apaixonadas por moda e em uma viagem a Índia. Elas ficaram tão inspiradas pelos tecidos que descobriram que, ao voltar para a Espanha, decidiram iniciar seu próprio negócio. O problema foi que elas aprenderam como a “moda rápida” e grande parte da indústria têxtil é prejudicial para o meio ambiente. Maria me disse que fabricar uma camiseta pode desperdiçar até 1200 litros de água, sem mencionar todos os produtos químicos tóxicos usados ​​para processar os materiais.

James Levelle falando com Maria e Andrea

Elas não queriam desistir de seu sonho criativo, mas não queriam contribuir para a crise climática e ambiental. A solução? Fornecer tecidos cortados destinados ao depósito de lixo e os transformar em sacos lindos. Assim, elas eliminam o desperdício, criam sacolas de alta qualidade e as vendem por um preço acessível, o que os torna uma alternativa ética super elegante à moda rápida.

Elas também me permitiram criar uma bolsa… isso pode ter sido um erro. Veremos o resultado final em algumas semanas!

Quanto aos pontos baixos, não houve muitos. Mas se perder em uma floresta nos Pirenéus enquanto o sol se punha sem mapa não era o ideal. Especialmente porque acabei acidentalmente no caminho de peregrinação de pedregulho do Caminho de Santiago. Eu tive que carregar minha bicicleta e malas até a montanha até encontrar uma estrada na floresta. O acampamento selvagem naquela noite no topo da montanha, no entanto, foi um destaque. Copo meio cheio, né?

James Levelle sentado e sorrindo com a Nano

A mudança climática é uma preocupação real e crescente, especialmente à medida que continuamos a aprender sobre as maneiras pelas quais os seres humanos estão prejudicando o equilíbrio natural. Ao longo de sua jornada até agora, você ficou surpreso ao saber de algum efeito incomum da mudança climática?

Um apicultor urbano em Paris me surpreendeu quando explicou que seus colegas de apicultura no campo perdem de 30 a 40% de todas as abelhas todos os anos devido ao caos climático, doenças e pesticidas. Os combustíveis fósseis são um fator significativo nas mudanças climáticas, e os pesticidas são fabricados a partir de combustíveis fósseis. Portanto, é um golpe duplo devastador.

Volkan, o apicultor, explicou que se perdermos as abelhas, nossas colheitas não poderão ser polinizadas. Legumes e frutas não poderão crescer, e todos ficaremos sem comida em cerca de quatro anos. Eu diria que a dependência particular de combustíveis fósseis é bastante desastrosa.

Você já encontrou outros exemplos de inovações tecnológicas convincentes que nos ajudarão a reduzir o impacto que temos no planeta?

Conheci um impressionante jovem ativista climático, Alejandro, em Madri, que me convidou para um campo de treinamento de jovens nas montanhas a 120 km de distância. Não tive tempo de pedalar lá e voltar, e não havia trens elétricos… eu precisava de um carro elétrico, mas as locadoras não tinham nenhum disponível.

Finalmente encontrei um na forma de um pequeno Renault ZOE que me tirou da cidade de forma rápida, fácil e sem combustível fóssil. Dirigir um carro elétrico pela primeira vez foi fascinante. Viajar silenciosamente e em alta velocidade sem emitir fumaça foi super satisfatório. Mas logo descobri o outro lado da questão na minha viagem de volta a Madri – não consegui encontrar um ponto de carregamento e parei em uma colina a meio caminho de casa.

Para ser justo com o pequeno ZOE, ele não é realmente projetado para viagens longas fora da cidade e eu realmente o empurrei além do seu limite… mas é disso que se trata a aventura. Se eu pudesse ter pago pelo carro com Nano, teria sido a cereja do bolo!

Depois de se encontrar com George Coxon em Londres e aprender mais sobre a Nano, sua compreensão sobre o que o dinheiro digital pode fazer para ajudar a capacitar pessoas em todo o mundo mudou?

Conhecer George em Londres e aprender sobre a Nano foi incrivelmente esclarecedor. Para começar, eu não tinha ideia do quão prejudicial a atual estrutura financeira pode ser para o meio ambiente e quão restritiva é nos países em desenvolvimento. É fundamental capacitar as pessoas com acesso rápido e fácil ao seu dinheiro, para que possam alimentar suas famílias e enviar seus filhos para a escola. No entanto, muitas ainda não têm controle total de sua riqueza. As transações da Nano são instantâneas e verdes, o que muda totalmente o jogo. Se “o dinheiro faz o mundo girar”, precisamos de um sistema que garanta que o dinheiro seja negociado de maneira rápida, justa e ambientalmente correta.

Nano está no caso, e estou muito animado por trabalhar com eles nessa aventura sem combustível fóssil.

_______________________________________________________________

James é apaixonado por tornar o mundo um lugar melhor e chama a atenção para a atual crise climática. A Nano Foundation orgulha-se de poder apoiar esse enorme empreendimento ajudando James a atravessar o Atlântico sem depender de combustíveis fósseis.

Acompanhe James no Facebook e confira seu último vídeo: https://www.facebook.com/watch/?v=704097206667412

Atualmente, James está viajando para Montevidéu, Uruguai, utilizando um veleiro de mastro alto, e deve chegar no dia 10 de novembro e começar a próxima etapa de sua jornada. Mal podemos esperar para ouvir mais histórias de sua aventura e os incríveis jovens que ele conhece ao longo do caminho.

Fique de olho no progresso de James seguindo o Twitter , Instagram e Facebook

Confira o artigo na íntegra em Nano Currency.

Tradução feita por Guillermo Peccilli, com introdução do Cointimes.