O potencial da tecnologia blockchain e das criptomoedas de revolucionar indústrias e causar disrupções ainda está sendo explorado, aos poucos, pelo mundo todo. No Brasil, uma das iniciativas mais promissoras nesse sentido é a Paratii, que tem como objetivo traçar novos caminhos para o futuro do vídeo na internet.

Embora gigantes como o YouTube dominem o mercado, a insatisfação é grande: mesmo se você não for desmonetizado, sua chance de ganhar abaixo da linha da pobreza é de 97%. Boa parte disso se deve ao fato de que os algoritmos de recomendação da plataforma são uma caixa preta, e aqueles que têm a sorte ou a manha de serem beneficiados por eles recebem a maior parte dos benefícios, enquanto outros jamais serão vistos. Muitos youtubers recorrem a serviços como o Patreon para coletar doações de seus fãs e continuar existindo.

A Paratii, que foi fundada no final de 2016 e hoje conta com uma equipe no Brasil, Itália, Egito e EUA, aposta na transparência e descentralização como solução para esses problemas. Por meio da blockchain Ethereum, o projeto promete possibilitar que criadores monetizem vídeos da forma que preferirem, seja ela publicidade, doações, assinaturas, etc.

Além de expandir as possibilidades de monetização, a Paratii vai abrir mão das recomendações algorítmicas em prol da curadoria comunitária. Todos os vídeos disponíveis serão decididos, categorizados e expostos pelos usuários, que receberão recompensas por sua participação na seleção do conteúdo.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Tudo isso é possível pela descentralização que a blockchain proporciona. Ao invés de deixar todo o controle nas mãos de uma entidade central, como o YouTube, é possível distribuir as funções que mantêm a plataforma funcionando entre os usuários e, graças às criptomoedas, recompensá-los pelo trabalho que fazem – tudo isso sem taxar a renda dos criadores.

A Paratii está passando pela sua primeira fase de testes públicos agora, e já é possível fazer upload dos seus vídeos no Portal Paratii. A previsão é que o lançamento do token que movimenta a plataforma seja realizado em agosto, junto com as primeiras opções de monetização.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!