Coingoback

A criptomoeda Verge, uma pequena altcoin que foi a primeira a ser aceita como pagamento no site Pornhub, sofreu uma reorganização massiva de 560.000 blocos na segunda-feira, de acordo com pesquisadores da Coin Metrics. A conta da Verge no Twitter reconheceu o ataque na noite de segunda-feira.

Elementos maliciosos tentaram assumir a nossa blockchain. Trabalhando com mineiros, nossa equipe de desenvolvimento lançou uma correção, evitando danos. Em 13 horas, tudo continuará como de costume. Obrigado pela sua compreensão.

O Twitter oficial do Verge confirmou há poucos minutos que a criptomoeda continua segura e a mineração lucrativa. Em conjunto com os mineradores, os desenvolvedores da moeda realizaram uma reorganização no blockchain para “voltar atrás” na cadeia de blocos verdadeira. Os nós completos da rede foram solicitados que atualizem seus softwares para a nova versão.

Essa não foi a primeira vez que a criptomoeda sofreu com problemas semelhantes. A rede passou por outros ataques, porém menos graves, em abril de 2018 e maio de 2018.

Leia mais: 3 Criptomoedas hackeadas – Quanto custa atacar o bitcoin?

Após a reorganização de segunda-feira, a Verge agora está empatada com o Ethereum Classic no número de explorações de rede. Ethereum Classic sofreu três ataques consecutivos de 51% em um mês em agosto de 2020.

Com esse ataque, a criptomoeda caiu cerca de 12% de ontem para hoje e deixou o top 100 das maiores criptomoedas do mercado. A Verge conta agora com um marketcap de cerca de US$360 milhões.

Leia mais: Aumento da dominância do Bitcoin e queda nas altcoins, preveem analistas

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br