Coingoback

Na madrugada de sexta para sábado, a corretora de criptomoedas Kucoin teve sua hotwallet esvaziada em diversos criptoativos. O incidente está sendo acompanhado de perto e é um dos maiores roubos envolvendo uma corretora de bitcoin.

Hack ao vivo da Kucoin

Os clientes da Kucoin viram o hack acontecer ao vivo, enquanto a carteira da corretora era esvaziada, a conta no Twitter Whale Alert mostrava as enormes somas de valores se movimentando no blockchain:

Eu estou ouvindo de diversas pessoas que não conseguem mais sacar da #Kucoin. Alguém mais tendo esses problemas? Eu também estou percebendo que grandes quantidades de dinheiro estão saindo das carteiras da Kucoin”, afirmou o usuário BrandNew.

Só no endereço 0xeB31973E0FeBF3e3D7058234a5eBbAe1aB4B8c23 da rede Ethereum há US$150 milhões em ativos.  Mesmo bloqueando os saques, o hack continua e há menos de 2 horas de quando publicamos essa matéria houve transferências da hotwallet em SXP e TOMO:

É estimado que a corretora tenha perdido aproximadamente US$200 milhões no hack.

A hotwallet é uma carteira que fica online e a corretora usa para fazer as transferências e saques necessários. Geralmente, a hotwallet tem apenas uma fração dos fundos da exchange. Boa parte dos fundos fica em coldwallets (carteiras offline).

Resposta da Kucoin

Johnny Lyu, Ceo da corretora, fez uma live nesta manhã falando sobre o hack:

As exchanges Bitfinex conseguiu congelar a tempo US$13 milhões em USDt como medida de precaução e o projeto Akropolis pausou todas as transferências do token $AKRO.

[Matéria em construção]


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!