A mesma desenvolvedora do Tibia resolveu se aventurar na criação de jogos no blockchain. O jogo de RPG, fantasia e aventura LiteBringer, desenvolvido pela empresa CipSoft, já está disponível para download.

A tecnologia utilizada do blockchain do Litecoin tem como objetivo permitir a posse real dos itens do jogo. Ela também possibilita a criação de ativos digitais verdadeiramente escassos. Como resultado, os jogadores poderão realizar a compra, venda e troca dos seus itens e personagens utilizando a tecnologia do litecoin.

“LiteBringer abraça o potencial revolucionário da blockchain como poucos jogos. Como um aplicativo verdadeiramente descentralizado, todo o jogo ocorre no blockchain do Litecoin, sem nenhum servidor envolvido, dando aos jogadores um controle sem precedentes sobre o jogo ”

, disse a CipSoft no site da LiteBringer.

A hiperinflação em jogos digitais e World of Warcraft

E por quais motivos o uso de blockchain pode ser muito importante para os players? A resposta é a inflação.

A inflação tem um efeito altamente destrutivo em uma economia, e as regras de mercado se aplicam também ao mundo virtual. Um exemplo clássico é a economia do MMORPG World of Warcraft, que era baseada na mineração de itens vendidos em uma espécie de feira livre.

Até 2012, a economia do jogo era balanceada e tinha uma taxa de inflação relativamente controlada. Porém, este cenário mudou quando foi possível a utilização de boots que mineravam itens automaticamente, além disso, um software permitia que até 8 abas do jogo fossem abertas em um único computador.

Esses dois fatores criaram a hiperinflação no jogo e simplesmente destruíram as economias de milhares de players. Qualquer semelhança com a realidade não é coincidência.

A propriedade digital

Litebringer dá um passo além dos demais jogos baseados em blockchain. Praticamente todas as etapas do jogo, como personagens, equipamentos, recursos e missões estarão armazenadas de maneira descentralizada.

A utilização dessa tecnologia impedirá más práticas por parte das empresas que administram os jogos. Elas não mais poderão emitir criar moeda sem os jogadores saberem.

Aparentemente o que irá salvar as economias fictícias dos jogos de RPG é o mesmo que salvará as economias reais do mundo.