Coingoback

Após se tornar a criptomoeda que mais se valorizou no último ano, os desenvolvedores da Chainlink finalmente resolveram realizar cerca de R$ 220 milhões em lucro este mês, de acordo com análise de blockchain da Trust Nodes.

Eles ainda parecem estar movendo mais 500.000 LINKs a cada semana, com alguns indo para Binance enquanto outros podem estar indo para o balcão (OTC) e então para Binance.

Desenvolvedor da Chainlink transacionando para Binance, agosto de 2020
Desenvolvedor da Chainlink transacionando para Binance, agosto de 2020

O endereço acima supostamente recebeu os fundos por meio do que parece ser uma configuração automatizada de bot, segundo análise. Rastreando as origens destes fundos, a Trust Nodes acabou chegando a este endereço:

Endereço de desenvolvedores da Chainlink
Endereço de desenvolvedores da Chainlink

A análise encontrou o que chamou de “um endereço de parada dos devs”, 8.000 LINKs foram enviados para este endereço seis dias atrás e, em seguida, permaneceram lá por quatro dias.

Ou seja, podem muito bem ser todos os fundos que foram para a Binance. Então:

Desenvolvedores misturando endereços, de acordo com análise da Trust Nodes.
Desenvolvedores misturando endereços, de acordo com análise da Trust Nodes.

Este é um endereço passando por 500.000 movimentos semanais, com todos eles parecendo quase iguais.

Ao seguir a primeira transação de entrada da lista, de 432 mil LINKs, percebe-se que ele se divide em pedaços de 1000 ou 2000 tokens, que, como o endereço de 8k acima, parecem não se mover mais.

Então, a análise buscou por mais e mais exemplos e acabou encontrando este endereço de 8k que foi levado para a Binance. De acordo com a Trust Nodes, ele pode muito bem explicar porque os demais fundos estão sendo misturados e divididos, eles estão se preparando para vender ainda mais.

Voltando um passo atrás, constata-se um endereço intermediário que parece dizer muito sobre a movimentação:

Endereço de desenvolvedores da Chainlink enviando 500 mil tokens semanalmente.
Endereço de desenvolvedores da Chainlink enviando 500 mil tokens semanalmente.

E quanto mais o preço da ChainLink sobe, os desenvolvedores aumentam a frequência das supostas vendas. Para este endereço, cerca de 4 milhões de tokens foram enviados nos últimos 90 dias, com o preço de cada envio variando, mas provavelmente sendo por volta de R$ 330 milhões.

Estão abandonando o barco?

Os holdings dos desenvolvedores da moeda.
Os holdings dos desenvolvedores da moeda.

Durante essa linha plana, havia outro endereço fazendo esse despejo, coincidentemente no mesmo mês do ano passado e também em agosto, quando cerca de meio bilhão de valor de mercado foi varrido da Chainlink durante o despejos de desenvolvedores.

Durante a etapa final da distribuição inicial do token, cerca de seis endereços podem ser vistos:

Endereços gênesis da ChainLink
Endereços gênesis da ChainLink.

350 milhões foram distribuídos ao público, 350 milhões foram bloqueados e então temos os 300 milhões para os desenvolvedores divididos em 6 conjuntos de 50 milhões.

Todos eles ainda têm os 50 milhões intactos, exceto dois analisados pela empresa, sendo um deles o primeiro listado acima e o que se inicia com “0xdad”.

Por fim, a empresa argumenta que tudo indica que essa movimentação seja realização de lucro dos devs:

“É provável que pertençam aos desenvolvedores do Chainlink como um todo, e não a qualquer indivíduo específico, pois as ações parecem ser muito uniformes.

Com não está claro o que eles planejam fazer com todo esse dinheiro presumimos que compraram iates e lamborghinis no ano passado.”

Trust Nodes

O trabalho deles, no entanto, não parece estar perto de parar, como indicam suas atualizações no código da criptomoeda.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!