Passfolio

CBDC do Banco do Japão tem seus planos interrompidos por falta de interesse público, que prefere alternativas privadas de pagamento e uso do dinheiro.

CBDC do Banco do Japão (BOJ) não vai para frente

Com o sucesso das criptomoedas, bancos centrais do mundo todo têm se movimentado para conseguir manter sua “relevância” e controle monetário com a criação das chamadas Moedas Digitais dos Bancos Centrais (CBDC – Central Bank Digital Currency).

Com o país asiático não foi diferente e, desde abril de 2021, o banco central japonês começou a realizar seus primeiros experimentos com a CBDC do Japão, que estiveram em fase piloto de testes até março deste ano (2022).

Em abril de 2022, uma nova fase começou nos planos de desenvolvimento da CBDC do Banco do Japão (BOJ – Bank of Japan), mas o Asia Times reportou recentemente que estes planos foram interrompidos devido à percepção de baixo interesse por parte do público japonês.

Passfolio

Entre os motivos listados pelo portal de notícia, segundo afirmações do próprio Banco Central do Japão e de seu governo, está o fato de que a grande maioria dos japoneses possuem contas bancárias, o que tira forças da narrativa de que a CBDC poderia oferecer maior inclusão financeira, conforme está sendo utilizado por muitos outros bancos centrais ao redor do mundo.

Os japoneses têm uma ampla adoção de sistema de pagamentos interbancários e soluções de e-money privadas, além de um uso bem alto de cartões de crédito, o que traria uma dificuldade muito grande de competição para a CBDC do Banco do Japão contra o setor privado, já muito competitivo.

Como é a regulamentação do Japão sobre o bitcoin e as criptomoedas

O mercado de criptomoedas do Japão é muito grande e o país possui um dos maiores volumes de negociação de Bitcoin do mundo, mesmo em um cenário altamente regulado, onde exchanges precisam passar por um período de cerca de 6 meses até completar todos os processos burocráticos para operar.

Em parte, essa forte pressão regulatória ocorreu após o grande escândalo da Mt. Gox, um dos maiores cisnes negros da história do Bitcoin, que foi julgado pelo Tribunal Distrital de Tóquio, já que a empresa tinha forte presença no Japão.

Cripto ativos são considerados como propriedade financeira, sob o ato regulatório de Serviços de Pagamentos, o que é muito interessante, já que está classificado realmente como produto monetário, para pagamentos, ao invés de unicamente como ativo financeiro. Diferente do Brasil, Estados Unidos e outros países europeus que evitam a classificação de dinheiro.

Isso também pode ter impactado os planos de desenvolvimento da CBDC do Japão.

Leia mais:

Veja a linha completa dos acontecimentos da Mt. Gox, que afetaram o ambiente regulatório do Japão:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.