É bem provável que você saiba muito sobre algum assunto ou pelo menos o bastante para te inspirar confiança. Isso não faz de você necessariamente um perito mas ter conhecimento aprofundado sobre algo dá a você certa credibilidade ou autoridade em discuti-lo.

Hoje em dia, com o acesso à informação cada vez mais rápido e fácil e com pessoas cada vez mais preguiçosas – muita ênfase nesta palavra -, o processo digamos “opinativo” a qualquer assunto se tornou inevitável. “Todo mundo agora entende tudo” e um fenômeno muito interessante ganhou espaço e evidência. O chamado “Efeito Dunning Kruger”.

Em resumo, o estudo pressupõe que a falta de conhecimento sobre algo versus a confiança em executar o induzirá a tomar decisões que acarretarão em resultados não previstos (obviamente ruins). Não apenas pela evidente inaptidão mas principalmente por acreditar, quase que religiosamente, dominar o assunto.

É o que fez, por exemplo, aquela senhora que tentou restaurar uma pintura do século XIX na igreja de Borja, Espanha. O quadro de Jesus Cristo ficou parecendo outra obra, “O Grito (Edvard Munch, 1893)”. – arrisco dizer que fora essa a expressão de desespero do quadro ao ser “restaurado”.

O Grito

Outro caso mais recente ainda é o inglês terrivelmente confuso alá Joel Santana de Ciro Gomes, ou seu total desconhecimento – e prepotência – sobre a Escola Austríaca de Economia. E o que falar então da (por favor quem se identificar não leve para o lado pessoal) a Sra. Márcia Tiburi, que escreveu um livro de argumentações rasas intitulado “Como dialogar com um fascista”.

O que mostra que, ou ela evidentemente não faz ideia do que seja o fascismo, ou que não sabe das fortes inclinações do seu antigo partido (PSOL) ou atual partido (PT) com o que ela condena em seu livro.

Tem política no meio? Tem!

A Guerra Fria por exemplo foi o palco amplo de desinformações, para não dizer burrices. Dentre elas:
– A morte do astronauta Russo, Valentin Vondarenk em uma câmara pressurizada por, acreditem vocês,  se limpar com álcool e encostar o algodão utilizado em uma superfície quente usada para o preparo de chá;
– Os testes a céu aberto com armas biológicas;
– O “Monstro do Mar Cáspio”, um avião (mais barco do que avião) caríssimo e desengonçado que voava a poucos pés de altura.

Dentre tantos outros, a estupidez não tem tamanho.

Dunning Kruger e o bitcoin

Não são poucos os casos de pessoas que se aventuraram e perderam muita grana com bitcoin. Vou deixar no final um link com alguns casos bem bizarros.
Eu mesmo quase caí nessa quando a tempo, aprendi uma lição valiosa que veio de um questionamento feito por um colega de trabalho, o Henrique que atua na área de treinamento da Foxbit. Quando perguntei a ele quanto seria um valor legal para iniciar meus investimentos em cripto ele me respondeu com outras duas perguntas:

“Quanto você aceitaria perder logo de cara?”
“Tudo bem pra você perder essa grana?”

Acreditava que conhecia relativamente bem – mais relativamente do que bem  – o mercado tradicional e certamente me arrependeria se entrasse no mercado de cripto sem o conhecimento específico. Lição aprendida, passei a fazer os mesmos questionamentos a todos os amigos e familiares que posteriormente me perguntaram. E são estes os que faço a você, caro leitor:


Você realmente sabe o que está fazendo? Sabe que é possível ganhar muito dinheiro mas que também está sujeito a perdê-lo? Sabe como se proteger das variações, quanto e como investir, como aproveitar os momentos de baixa e de alta?

Se a resposta for  não, recomendo dedicar um bom tempo a leitura sobre o assunto. Informe-se bastante e busque uma curva ascendente e constante de aprendizado.
Agora, se a resposta for sim, todo cuidado nunca será demais. Costumo dizer que neste mercado as informações variam tanto quanto o bitcoin e acreditar saber tudo ou quase tudo sobre este assunto pode ser um grande erro.

Vou aqui puxar uma sardinha para a Foxbit porque mesmo antes de investir eu já me interessava pela sua parte educacional e às lives que publicava periodicamente em seu canal no YouTube. Totalmente reformulado, marca nova (Foxbit Lab) e aulas presenciais com muita mão na massa, você terá à disposição professores que te ensinarão desde o básico no curso “B de Bitcoin” ao avançado no curso “Pro Trader”.

Agora é com você. Vai continuar aprendendo e expandindo seus conhecimentos ou vai deixar o ego te levar a Dunning Kruger?

Ps.: Como prometido, deixo aqui o link com os casos bizarros de pessoas que perderam uma grana preta com btc:
https://cryptocurrencyhub.io/5-stupid-ways-to-lose-your-bitcoin-millions-7b169093436e


Você gostou desse conteúdo? Nós temos muito mais! Siga e compartilhe a página do Cointimes para se manter atualizado com os conteúdos mais relevantes. Estamos em todas as mídias sociais também: FacebookTwitterInstagram.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br