A AnubisTrade é vendida como um robô de trade, onde os investidores colocam seus bitcoins e esperam rendimentos. Ela recentemente foi comprada pela Atlas Quantum, mas o que poucos sabem é que seu criador, Mateus Grijó, já teve outro negócio extremamente suspeito em 2013.

Uma página um tanto diferente

No perfil de Grijó podemos encontrar uma curtida em uma página extremamente suspeita, a Leilão de Dinheiro. Essa página promete a multiplicação de dinheiro, em um esquema de leilão muito obscuro.

Voltando no tempo

Tentamos abrir o link exposto na página do Facebook, mas o site estava indisponível. Ao abrir pelo Wayback Machine, um site que permite ver como aquele site era no passado, vemos a proposta do “Leilão de Dinheiro” em mais detalhes.

Fonte – https://web.archive.org/web/20160304171635/http://leilaodedinheiro.com.br/

Pode ser lido na página inicial do “Leilão de Dinheiro” o seguinte: “O site foi criado com o único objetivo leiloar dinheiro, não trata-se de pirâmide ou qualquer outra coisa do tipo, realmente é um site de leilão! Você não tem nenhum risco de perder!

Na página do Facebook do Leilão de Dinheiro, também encontramos uma matéria para o jornal Voz Caiçara, onde é destacada a criação do site pelo ex-dono da AnubisTrade, Matheus Grijó. Veja a matéria completa:

AnubisTrade Leilão de Dinheiro

Nele o jornalista Lucas Musetti começa citando o app Rastreador de Namorados, um aplicativo de espionagem criado por Grijó que deixou de funcionar temporariamente pois o Google, por questões de privacidade, bloqueou a função de ocultação de aplicativo.

Já no segundo parágrafo é explicado o funcionamento do sistema, nele um usuário entraria na plataforma, compraria créditos e iria participar de um leilão de dinheiro.  Como assim? 

Não entendeu? Então confira o vídeo:

No vídeo, vemos um passo a passo onde o usuário faz um cadastro, depois compra créditos no site, e a partir daí pode usar esse dinheiro pra comprar dinheiro (aparentemente é isso mesmo).

O usuário dá um lance de 6 reais em uma nota de 20 reais, e se o tempo do leilão acabar sem maiores lances, o usuário lucra 14 reais.

O porquê alguém colocaria em leilão uma nota de 20 reais é um verdadeiro mistério, alguém espera que façam um lance maior que 20 reais por uma nota comum? Mas de alguma forma, o site promete a multiplicação de dinheiro.

Um site sem vendedores?

Na página de “Quem Somos” da Leilão, na verdade vemos “Perguntas Frequentes”, o mais curioso dessa página é que é toda direcionada para quem vai depositar dinheiro na plataforma para dar lances. Se explica como dar lances, lucrar, e ter seu dinheiro devolvido em até dois dias úteis (D+2).

O estranho é não ser citado nada sobre leiloar seu dinheiro, dar lances menores por valores mais altos é lógico que é um bom negócio, mas leiloar para as pessoas comprarem seus 20 reais por 6? Estranho não haver perguntas frequentes nesse sentido.

FAQ Leilão de Dinheiro
Fonte:https://web.archive.org/web/20160314193617/http://leilaodedinheiro.com.br/Sobre.aspx

Para não termos dúvidas, no rodapé do site vemos um “Design by Matheus Grijó”.

O que estaria acontecendo nessas operações? Como um negócio desses pode se sustentar? Fomos perguntar para o dono do negócio.

Tentamos entrar em contato por seu Facebook e Telegram, mas não obtivemos respostas.

Se o Matheus quiser esclarecer o modelo de negócios da Leilão de Dinheiro, estaremos de portas abertas, o que queremos aqui é levar a verdade para os nossos leitores.