Com o auxílio de um dos artifícios mais engenhosos da rede de Bitcoin, a receita dos mineradores de Bitcoin podem dobrar após o ajuste de dificuldade. 

Mineradpres de bitcoin podem ver sua receita dobrar após o ajuste de 28% na dificuldade para baixo na mineração em 3 de julho, de acordo com vários locais de mineração

De acordo com o índice inventado pela plataforma de serviços financeiros de ativos digitais BitOoda, que mede a diferença entre a receita de mineração de bitcoin por megawatt-hora e o custo da energia necessária apresentou um aumento de quase 50% após o ajuste, indo de US $ 225 para US $ 449. 

Essas projeções seguem o ajuste recorde para baixo na dificuldade de mineração do blockchain do Bitcoin. O processo de ajuste, que foi codificado na programação original da rede, é projetado para estabilizar o blockchain, incentivando os mineiros de volta à rede sempre que houver uma queda significativa no hashrate, que é a quantidade de atividade computacional trabalhando para proteger os dados e finalizar as transações.

A recente onda de repressão da China à indústria de criptografia forçou muitas mineradoras a fecharem, reduzindo o hashrate da rede em cerca de 40%, representando sérios danos à rede. 

E até o momento o ajuste de dificuldade tem contribuído para a reconstrução da rede.  Na semana passada (antes do ajuste) o hashrate médio de sete dias caiu para 84,3 exahashes por segundo na sexta-feira o menor desde setembro de 2019. Mas desde então saltou para cerca de 90,7 exahashes por segundo, de acordo com a Glassnode .

As mineradoras podem ter níveis de lucratividade semelhantes aos de abril, quando o bitcoin estava sendo negociado quase o dobro de seu nível atual, de acordo com uma análise da Glassnode. Embora os preços estejam muito mais baixos agora, menos mineradoras estão dividindo a receita. 

Enquanto isso, alguns mineiros chineses vendem seus computadores de mineração ou “plataformas” com descontos, os preços das máquinas caíram. O mercado secundário de mineração está inundado de produtos de hardware, levando os preços a uma queda de quase 90% em relação há 1 mês atrás. 

As mineradoras remanescentes continuarão a ver aumentos de lucratividade, até que a infraestrutura se recupere, de acordo com especialistas do setor. 

“Tornou-se mais fácil e mais lucrativo extrair bitcoins”, disse Nick Spanos, cofundador da Zap Protocol, um provedor de infraestrutura para aplicativos descentralizados. “Essa é uma receita para atrair mais mineiros de volta.”

O conteúdo Faturamento de mineradores de Bitcoin dobra após queda recorde na dificuldade aparece primeiro em BlockTrends – Blockchain | Investimentos | Economia.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br