O FED de Nova York interveio no mercado financeiro norte-americano após a elevação do overnight em mais de 10%. Uma operação dessa magnitude não acontecia desde 2008.

overnight

As operações de overnight usando acordos de recompra são uma forma de empréstimo de curto prazo usando títulos do governo norte-americano. Elas são de extrema importância, pois provêm liquidez para os bancos e sistema financeiro no geral.

A falta de liquidez nessa operação aumentou a taxa dos fundos do FED para o topo máximo da meta, isso significa que o aumento de 10% foi o alerta vermelho para os burocratas intervirem. Fazendo o FED tomar uma ação rápida.

Ashis Shah, um dos responsáveis pela área de investimentos do Goldman Sachs, disse:

“Quando coisas como essa acontecem aumenta a incerteza e deixa o mercado de renda fixa nervoso. E o trabalho do banco central é justamente evitar isso.”

Alguns especialistas alertaram que essa diminuição na liquidez não vem de problemas estruturais como em 2008, mas sim, de flutuações normais do mercado.

Será mesmo que os especialistas estão certos? O tempo dirá, mas a situação parece cada vez mais complicada para o FED, que aliás, já assumiu que as chances de uma crise estão crescendo.