Coingoback

O FED (Banco Central Americano dos Estados Unidos) não vai aumentar a taxa de juros da economia americana nesse ano, conforme afirmado em comunicado divulgado hoje (quarta-feira, 20).

Seus diretores abandonaram projeções de novas altas de juros para este ano, uma vez que o banco central norte-americano sinalizou uma esperada desaceleração na economia.

A estimativa confirma que o próximo movimento esperado é uma alta dos juros, mas isso só deve ocorrer em 2020.

O comitê foi unânime na decisão de manter a taxa inalterada, na faixa de 2,25% a 2,5%, um reflexo da desaceleração da maior economia do mundo.

Opinião

O Jerome Powell, presidente do FED, já havia falado que seria mais suave na política monetária. Todo mundo estava esperando um aumento de juros no fim do ano e começaram a precificar um desastre econômico ainda em dezembro.

O presidente do FED tranquilizou os mercados e as bolsas voltaram a subir ao redor do mundo. Se ele sobe as taxas de juros muito rápido, ele derruba o mercado as bolsas e provoca um efeito dominó nas taxas de juros dos países de terceiro mundo.

Bom para nós, porque isso diminui a pressão sobre a nossa taxa de juros e abre espaço para o COPOM reduzir bem a Selic depois da aprovação da reforma da previdência. Isso também reuz a pressão sobre o câmbio. Se o FED está pagando bem, por que os investidores vão manter a grana deles aqui?



BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!