O Fundo Monetário Internacional, FMI, sugeriu em novo paper publicado no final de 2020 a criação de uma moeda de reserva internacional que poderia até mesmo ameaçar o Bitcoin.

Com o surgimento do Bitcoin, as moedas fiduciárias enfraqueceram fortemente frente ao criptoativo entre 2009 e 2020. Com o bitcoin em alta de +200% apenas em 2020 , o Fundo Monetário teme que as moedas fiduciárias – como o dólar- percam seu posto de reserva de valor.

 “É provável que a dominância do dólar americano perdure. Mas precedentes históricos de súbita mudanças sugerem que novos desenvolvimentos, como o surgimento de moedas digitais e novos ecossistemas de pagamentos, poderia acelerar a transição para um novo cenário de moedas de reserva.”

afirma o paper chamado de “Reserva de moedas em um sistema monetário internacional em evolução”.

Como podemos ver no gráfico abaixo, o dólar vem perdendo dominância como reserva mundial desde 1975 – quando atingiu seu pico histórico.

Uma moeda global ou várias?

Como solução para manter a supremacia das moedas fiduciárias, o paper aponta para o uso de uma moeda digital global criada por bancos centrais (CDBC)  baseada em uma cesta de ativos. 

Coinext 760x150

 

“Uma moeda hegemônica sintética, apoiada por uma cesta de CBDC( Central Bank Digital Currencies) , poderia fornecer serviços de pagamento domésticos e transfronteiriços mais eficientes, beneficiando-se da credibilidade de vários bancos centrais que a apoiam. Tal arquitetura poderia alterar a demanda por reservas denominadas em moedas na cesta com base em seu peso relativo.”

Ele também para a possibilidade da co-existência de várias moedas de reserva estáveis e globais (GSC):

“…também é concebível que mais de uma stablecoin global possa se tornar um ativo de reserva.”

Bitcoin como reserva mundial

Enquanto os bancos centrais tentam se ajustar a um novo cenário de grande competição das moedas privadas e comunitárias, o Bitcoin ganha espaço.

Desde o começo da crise de 2020 o FED imprimiu mais de 20% de todos os dólares na história. Como resultado, os mercados temem por uma inflação e o bitcoin – por suas características de escassez e transparência – parece ter se tornado o hedge perfeito.

M1 FED
Quantidade de dólar na economia

Dessa forma, diversas empresas estão migrando para o Bitcoin como reserva de valor, conforme mostramos na matéria “Empresas que investiram em bitcoin valorizaram em média 87%“.


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br