Breaking News  
Google obriga wallet de bitcoin a tirar recursos de segurança Notícias

Google obriga wallet de bitcoin a tirar recursos de segurança

Usuários em ditaduras e ativistas podem ficar mais expostos

Cointimes
Cointimes

Os desenvolvedores da Samourai Wallet, carteira de bitcoin com foco em recursos de privacidade, anunciaram que o Google estava ameaçando remover seu aplicativo se a carteira não desativasse alguns recursos de segurança e privacidade.

Inclusive nós já fizemos um review dessa carteira de bitcoin, dá uma olhada:

A Google Play Store implementou regras mais rígidas para os aplicativos da loja, o que resultou na ameaça de desativação do app na principal fonte de apps do Android.

Os desenvolvedores tentaram uma isenção das novas regras da Google Play Store alegando que os usuários que dependem desses recursos estariam menos seguros. Mesmo assim a gigante da tecnologia rejeitou o pedido dos desenvolvedores.

Eles escreveram:

"É com grande tristeza que estamos desabilitando os seguintes recursos da Samourai Wallet a partir da versão 0.99.04 - que será lançada amanhã - devido a novas políticas extremamente restritivas que o Google decidiu introduzir em seu esforço para se tornar mais um 'jardim com muros' "

Os recursos desativados

São três recursos desativados, o Controle remoto via SMS, o modo Stealth e o SIM Switch Defense.

O controle via comandos SMS permitem ao usuário que perdeu seu dispositivo simplesmente apagar a wallet de Bitcoin do aparelho, evitando o roubo de criptomoedas.

O “Stealth Mode” permitia aos usuários em locais hostis fazer transações de bitcoin sem deixar óbvio que estavam carregando uma carteira. Os desenvolvedores disseram no Twitter que “muitos usuários na América do Sul que usavam esse recurso estão agora em risco, graças ao Google Play”.

E por fim o SIM Switch Defense alertava o usuário quando o card SIM da operadora estava sendo hackeado devido a falhas de segurança na operadora de telefone.

Os recursos estavam disponíveis na carteira desde 2015, eles são opcionais e por padrão estão desativados. A Samourai era a única carteira de bitcoin a incluir esses recursos e provavelmente será a última graças ao Google!

Os mais afetados são aqueles usuários que mais precisam de privacidade e segurança, dissidentes políticos, ativistas em ditaduras e outros tantos lutadores pelos direitos humanos.

O Bitcoin tem servido de ferramenta contra censura desde sua criação, salvando da extinção organizações como Wikileaks e permitindo doações para associações jornalísticas que apoiam a liberdade de imprensa.

Adeus ao Google o/

F-droid aternativa ao Google
F-Droid -Alternativa a Google Play Store

Os desenvolvedores pretendem adicionar esses recursos em vias alternativas de download de apps, a mais popular é a F-Droid, uma loja de aplicativos similar a Google Play Store.

Os desenvolvedores escreveram:

“Nos próximos meses, expandiremos nosso modelo de distribuição para incluir downloads de APKs [arquivos de pacotes de instalação do Android] auto-hospedados e inclusão na loja de aplicativos de código aberto F-Droid. Todas essas versões incluem os recursos Stealth Mode, Remote SMS e SIM Switch Defense.”

Enquanto isso não acontece os desenvolvedores aconselham os usuários a desabilitarem o modo stealth antes do novo update.

No ano passado a rede social do Google, a Google+, vazou dados pessoais de mais de 500 mil usuários. A empresa também está envolvida na criação de um mecanismo de busca censurado para operar na China.

Parece que o lema do Google “don’t be evil” não está sendo seguido. O que você acha dessa ação da gigante da tecnologia?

Cointimes
Cointimes

Cointimes é um portal de conteúdo sobre a nova economia que está mudando o mundo. Aqui é um espaço aberto que busca ajudar a mudar a vida das pessoas através do conhecimento sobre blockchain, criptomoedas, educação financeira, investimentos, aplicações descentralizadas, inovação e empreendedorismo digital.

O Cointimes utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.