O líder da maioria no Senado dos EUA, Mitch McConnell, disse na quarta-feira que é preferível que estados que lutam com altos custos públicos em meio à pandemia declararem falência, do que ter que dar-lhes um resgate federal.

Estados estão quebrando nos EUA?

“Eu certamente seria a favor de permitir que os estados usassem a rota da falência”

disse ele na quarta-feira em resposta a uma pergunta no programa de rádio sindicado Hugh Hewitt.

Segundo McConnell, a declaração de falência já salvou algumas cidades e não teria razões para essa opção não estar disponível.

O anfitrião do programa de rádio citou Califórnia, Illinois e Connecticut como estados que haviam gastado muito com sindicatos de funcionários públicos. Enquanto isso, McConnell deixou claro estar relutante em assumir mais dívidas por qualquer resgate.

“Você levantou a questão importante do que os estados fizeram, muitos deles fizeram para si mesmos com seus programas de pensão.”

“Não haverá nenhum desejo do lado republicano de resgatar as pensões do estado, emprestando dinheiro das gerações futuras.”

Com isso, o senador tocou em um ponto pouco lembrado pela maioria, endividar o Estado nada mais é do que obrigar a próxima geração a pagar a conta.

Porém suas declarações conflitam com o pensamento do presidente Donald Trump. O presidente disse na terça-feira, após reunião com o governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, que os estados precisarão de assistência.

“E acho que a maioria dos republicanos concorda, e os democratas [também]”

disse Donald Trump.

McConnell, republicano de Kentucky, observou que bloqueou auxílio adicional estadual e local no último pacote de ajuda, que passou no Senado na terça-feira e deve ser votado quinta-feira na Câmara.

“Eu disse ontem que pressionaremos o botão de pausa aqui, porque acho que todo esse negócio de assistência adicional para os governos estaduais e locais precisa ser cuidadosamente avaliado”

acrescentou McConnell.

Estados e municípios pedem resgate de meio trilhão de dólares

A ideia de permitir que os estados pedissem falência foi levantada após a última recessão. Isso provocou desdém generalizado por parte de investidores de Wall Street, sindicatos de funcionários públicos e governadores, que disseram que desestabilizariam o mercado de títulos e causariam até mesmo os estados mais fiscalmente sadios enfrentarem taxas de juros mais altas devido ao risco de que a dívida pudesse ser extinta judicialmente.

Também foi criticado pelos legisladores dos EUA durante uma audiência na Câmara que foi convocada para discutir o mérito em 2011 e foi rapidamente descartado.

A Associação Nacional de Governadores disse que estados e municípios precisarão de pelo menos US$ 500 bilhões em ajuda para lidar com a crise causada pela pandemia de coronavírus, à medida que a receita tributária diminui e a demanda por recursos aumenta.

BitcoinToYou –  Negocie criptomoedas sem pagar taxa
 
A primeira corretora do Brasil, negociamos criptomoedas desde 2010. 
Abra sua conta grátis!
 

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br