O HSBC, um banco de investimento multinacional britânico, bloqueou as transações de investidores e negociantes de criptomoedas que não mais são capazes de transferir seus fundos das exchanges para o banco. Essa mudança veio em um momento em que o Bitcoin atingiu um novo valor recorde acima dos US$ 40.000, antes da recente queda de 20%.

O portal de notícias The Sunday Times noticiou no sábado que o principal banco do Reino Unido proibiu as transferências de ou para exchanges de criptomoedas. Esta ação irá proibir os negociantes de enviar seus lucros da exchanges para suas contas no banco HSBC.

Este não é o único banco que fez isso, pois há algumas outras instituições no país que estão considerando impor restrições, enquanto os impedem seus usuários de comprar criptomoedas por meio de seus cartões de crédito ou débito.

Comentando sobre isso, Jason Yanowitz do Block Works Group disse:

Cointimes Awards

As instituições financeiras farão tudo ao seu alcance para impedir esse movimento. Eles estão literalmente negando aos clientes o acesso ao ativo de maior desempenho da última década.

Seguindo o banco HSBC, muitos outros bancos importantes também considerarão seguir essa prática, disse Ran Neuner, fundador da Onchain Capital e apresentador da CNBC.

Junto com os Estados Unidos, o Reino Unido também é considerado um dos países mais anti-criptomoedas do mundo. E esse movimento do banco HSBC indica essa postura. No entanto, a real intenção por trás dessa decisão do banco não é claramente conhecida.

Leia mais: Bitcoin cai mais de 20%, é o fim da bull run?


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br