De acordo com uma recente análise, mais de 90% da oferta de circulação da ETH está agora no lucro. A última vez que esse nível foi observado foi no início de 2018, quando o preço da criptomoeda era de US$ 925.

A empresa de pesquisa e análise Glassnode informou na segunda-feira que a porcentagem da oferta de lucro da ETH atingiu um nível não visto desde o início de 2018. A empresa twittou:

“Mais de 90% da oferta de ETH em circulação está agora em um estado de lucro, ou seja, o preço atual é mais alto comparado ao preço no momento em que as moedas foram movidas pela última vez.”

O preço da ETH subiu significativamente nas últimas semanas, subindo cerca de 47% desde 23 de julho. Sendo negociado agora por volta de  US$ 389,20, de acordo com o Coingolive.

Gráfico mostrando a porcentagem de fornecimento do ETH em lucro.
Gráfico mostrando a porcentagem de fornecimento do ETH em lucro. Fonte: Glassnode

Anthony Sassano, co-fundador do Ethhub.io, acredita que essa estatística é muito otimista “nesta fase do ciclo”. Ele também twittou enfatizando que “mais de 90% da oferta atual de ETH agora é considerada ‘in the money'”, ou seja, no lucro.

Gráfico mostrando os endereços que contêm ETH dentro e fora do dinheiro ao preço de US$ 390,81.
Gráfico mostrando os endereços que contêm ETH dentro e fora do dinheiro ao preço de US$ 390,81. Fonte: Intotheblock.com.

O co-fundador do Spartan Group, Kelvin Koh, comentou: “A forte mudança no ethereum tem a ver com o próximo lançamento do ETH 2.0, que é um grande catalisador. Todas as fases do ETH 2.0 nos próximos 2-3 anos aproximam o Ethereum de seu estado final e serão catalisadoras do ETH.”

Além disso, o valor total bloqueado no ecossistema financeiro descentralizado (DeFi) ultrapassou recentemente os US$ 4,32 bilhões. Uma grande parte dos aplicativos, tokens e plataformas defi estão hospedados na rede Ethereum; o crescimento maciço de defi contribuiu para o aumento significativo do preço do ETH.