Um processo alegando que a exchange Bitfinex, a emissora da stablecoin Tether, manipulou o mercado de bitcoin acabou de tomar maiores proporções.

Na quarta-feira, as exchanges Bittrex e Poloniex se tornaram os últimos réus acusados ​​de manipular preços de criptoativos em uma ação coletiva em andamento cujos autores acusam a Tether e a Bitfinex por alegações de fraude, engano e manipulação de mercado desde outubro de 2019.

A emenda de 156 páginas apresentada ontem continua a alegar que a Tether e a Bitfinex orquestraram um grande esquema para lavar e circular bilhões de stablecoins supostamente não-lastreadas em dólares pelo mercado em detrimento de seus clientes – o ponto crucial dos autores Matthew Script, Benjamin Leibowitz, Jason Caso Leibowitz, Aaron Leibowitz e Pinchas Goldshtein.

Os autores alegam ainda que a Poloniex e a Bittrex eram essencialmente condutos de backdoor nesse esquema. Eles alegam que o par configurou endereços de carteira “especificamente” para receber grandes transferências de USDT e “sabia” que era a Bitfinex quem os enviava.

Os autores compararam o suposto acordo de transferência do USDT ao de um cassino e um jogador de alto nível. Fonte: Coindesk.

“Dado o tamanho e a regularidade dessas transferências por meio de um mecanismo que eles criaram para esse objetivo exato e sua perfeita visibilidade nas transações, Bittrex e Poloniex sabiam o efeito manipulador das transações em suas corretoras”, alegam os autores.

Os autores apontam os padrões de entrada do USDT como evidência. Em 6 de fevereiro de 2018, por exemplo, eles alegam que a Bitfinex transferiu US$ 2 milhões de USDT supostamente sem lastro para a Poloniex exatamente quando o bitcoin estava atingindo um nível baixo durante o dia. Seguiu-se então uma recuperação do mercado de criptomoeda com maiores volumes de negociação.

“Para exchanges de outra forma periféricas, esses grandes negócios de USDT supostamente apoiados por fiat criaram uma impressão de legitimidade e confiança do consumidor, levando a negociações e taxas adicionais para as duas exchanges”, alega o processo.

Eles também alegam que a organização coordenou os padrões de transferência do USDT em resposta às notícias do dia.

Stuart Hoegner, advogado interno da Bitfinex e da Tether, classificou o processo emendado como “não vinculado aos fatos ou à lei” em uma declaração enviada por e-mail, relata a CoinDesk. Os demandantes “confundem a correlação percebida com a causação, em um esforço para sustentar teorias que são falsas e não suportáveis”, disse ele.

No momento da publicação, a Poloniex e a Bittrex ainda não se manifestaram sobre o processo.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br