A análise mais recente da Glassnode mostrou que algumas métricas do Bitcoin estão entrando em áreas não vistas desde os mais profundos mercados de baixa. É preocupante?

Para a empresa de análise de dados on-chain, Glassnode, os investidores de Bitcoin estão no limite da lucratividade, com a ação de preço de curto prazo ameaçando colocá-los de volta no vermelho.

O preço do bitcoin atingiu recentemente o nível mais baixo em um mês de US$ 37.614, embora tenha subido cerca de 6% para US$ 39.892 no momento da escrita desta matéria, de acordo com o Coingolive.

De acordo com a análise publicada no início da semana pela Glassnode, cerca de 70 a 72% dos hodlers de bitcoin estão no lucro, mas isso pode mudar em breve.

O grupo com o maior risco de despejar bitcoins agora são os detentores de curto prazo, que adquiriram suas moedas há pouco tempo. Segundo a Glassnode, a base de custo do BTC dos detentores de curto prazo é de US$ 46.910, uma perda não realizada de -17,9%.

Isso representa um nível significativamente alto de dor financeira para o bitcoiner novato, que pode vender no prejuízo e baixar ainda mais a cotação do bitcoin.

Além disso, os detentores de longo prazo também não estão no melhor cenário. Uma lucratividade baixa marcada por mercados de urso (bear markets) pode ser vista no gráfico de lucratividade do fluxo de bitcoin para exchanges por parte de detentores de longo prazo.

A métrica de oferta renascida de mais de 1 ano, que captura todo o volume de BTC on-chain que foi comprado antes da liquidação de meados de maio de 2021, também está vendo níveis baixíssimos, vistos apenas em profundos mercados de baixa.

Mas, de acordo com análise da Glassnode, este é o nível em que os detentores de longo prazo mais costumam acumular. Isso pode ser uma virada de jogo em um futuro próximo.

A análise aponta que a pressão vendedora por parte de detentores de longo prazo vem principalmente dos compradores de 2021 e 2022, enquanto os mais antigos preferem manter suas moedas intactas, não contribuindo para baixas no preço.

Vimos indicadores de baixa, então é daqui para cima?

Apesar de algumas métricas parecerem alarmantes, nem sempre um mercado de baixa é uma notícia ruim. Caso um mercado de alta se forme no futuro, a baixa terá representado uma boa oportunidade.

Algumas informações divulgadas pela Glassnode vão justamente nessa direção, por exemplo o Múltiplo de Mayer.

“Este oscilador é calculado como uma relação simples entre o preço e a Média Móvel de  200 períodos. Apesar de sua simplicidade, ele forneceu um indicador de formação de fundos e topos de longo prazo robusto e confiável para os ciclos do Bitcoin.

Aqui, mapeamos um Múltiplo de Mayer de 0,8 (traço verde) como um nível histórico de ‘subvalorização’.”

Por fim, a métrica de Risco de Reserva também é visto como um indicador importante para entender a fase do ciclo que o Bitcoin se encontra e está entrando em áreas baixíssimas.

“Este indicador sugere que passamos do ponto inicial de entrada no mercado de baixa em estágio final e podemos estar na segunda metade do mesmo. No entanto, com base em ciclos anteriores, também sugere que o caminho a seguir ainda pode durar algum tempo e/ou quedas podem acontecer.”, disse a Glassnode.

Veja também:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.