Dr. Burry ou Michael Burry trabalhou como médico no Hospital de Stanford atuando como residente de neurologia. Depois de um tempo, ele abandonou a profissão para abrir seu próprio fundo de hedge, o Scion Capital.

O Scion Capital foi fundado com um pequeno dinheiro de herança e empréstimos que Burry pegou com sua família e amigos. Logo no começo ele obteve um grande sucesso entregando lucros extraodinários para seus investidores.

Scion Capital lucrava 50% ao ano

No seu primeiro ano dedicado, em 2001, o S&P 500, índice das 500 maiores ações dos EUA, caiu 11,88%. O Scion Capital, por outro lado, teve 55% de lucro em um ano.

Em 2002, as bolsas americanas voltaram a cair cerca de 28,69%, enquanto Burry fazia 50% com seus investimentos. No final de 2004, ele já estava administrando mais de US$ 600 milhões de dólares

Alter - Criptoback

A essa altura, Michael Burry já estava milionário e com uma grande reputação. Mas ele não quis parar por aí e começou a focar o mercado de subprime. Burry analisou as práticas de empréstimos e hipotecas no mercado de imóveis em 2005.

Uma aposta ousada

O seu diagnóstico era claro: aqueles níveis de endividamento e empréstimos no mercado de ações eram insustentáveis e, que esse mercado era uma bolha. Não haviam fundamentos que sustantavam toda aquela expansão do mercado imobiliário.

Os créditos de empréstimo eram dados sem critério nenhum, não havia qualquer tipo de controle. Isso resultava em maus pagadores pegando um dinheiro que jamais iriam pagar.

Ele persuadiu o Goldman Sachs a lhe vender títulos de CDS (credit default swap), que basicamente funcionavam assim: caso os bancos começassem a tomar calotes, esses bancos deveriam pagar ao Burry essas pendências. Ou seja, o risco foi todo transferido para o Scion Capital.

Alter - Criptoback
Peter Schiff foi outro investidor a detectar a crise com atencedência

No começo do seu investimento em CDS, os títulos baseados nessas hipotecas estavam subindo cada vez mais. Michael Burry teve que encarar uma revolta dos seus investidores e chegou a proibí-los de sacar seus fundos do Scion Capital.

Os investidores acham que a sua lógica estava errada, porque o mercado não parava de subir. Contudo, em 2007, o cenário começou a mudar e a economia americana entrou em recessão. As taxas de juros subiram e os bancos começaram a tomar calote.

Michael Burry rindo na beira do abismo

Em 2008, da economia global tomou forma quando o impensável aconteceu: a falência do Lehman Brothers, um dos bancos mais tradicionais do mundo. Os bancos começaram a levar calote e as suas ações começaram a derreter com o pânico dos investidores.

michael burry apostou na falência do lehman brothers
Funcionário do Lehman Brothers após demissão em massa

Isso aconteceu porque os bancos estavam extremamente alavancados e expostos a títulos que não valiam nada. As agências responsáveis por avaliar esses títulos estavam fraudando suas avaliações e induzindo investimentos.

Alter - Criptoback

Os bancos correram atrás de Michael Burry para recomprar os títulos CDS. O resultado disso: nosso Dr. Burry teve um lucro de US$ 100 milhões ou R$377 milhões na cotação de hoje (13/02), o fundo teve um lucro de US$ 600 milhões, que foi distrubuído entre os investidores.

Em termos de porcentagem, sua aposta rendeu 489,34% de lucro, o que é extraordinário. Só para ter noção da grandiosidade do feito: você precisaria de mais de 100 anos na poupança para chegar a essa rentabilidade. Pouca coisa né?

Depois dessa “aventura”, Burry fechou o seu fundo de investimentos e se voltou para outros mercados, em especial o de água. “Água fresca e limpa não pode ser tomada como garantida. E não é – a água é política e litigiosa”.

Sua história nos transmite um ensinamento: não se deixe levar pela euforia do mercado, investigue os fundamentos, valide os fundamentos. Se você estiver correto, seja fiel à sua estratégia e convicções mesmo que o preço indique o contrário.

Alter - Criptoback

A sua história pode ser conferida no filme “A Grande Aposta”‘, cuja resenha está disponível aqui no Cointimes:


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br