A maior empresa de inteligência corporativa do mundo de capital aberto, que acumulou mais de 91 mil bitcoins em sua tesouraria, modificou seus acordos de remuneração para o conselho de administração.

A empresa agora vai pagar aos diretores classificados como “não funcionários” em bitcoin, citando seu compromisso com a criptomoeda servindo como reserva de valor.

O Conselho de Administração será pago em Bitcoin

A Microstrategy, listada na Nasdaq, preencheu um formulário com a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) declarando que seu Conselho de Administração “modificou os acordos de remuneração para diretores não funcionários”. O processo explica que no futuro, os diretores receberão todas as taxas por seus serviços no Conselho da empresa em bitcoin em vez de moeda fiat, acrescentando:

“Ao aprovar o bitcoin como forma de compensação pelo serviço do Conselho, o Conselho citou seu compromisso com o bitcoin, dada sua capacidade de servir como reserva de valor, apoiado por uma arquitetura robusta e de código aberto público, sem restrições à política monetária soberana.”

O documento da SEC esclarece ainda que as taxas do conselho a pagar aos diretores permanecerão inalteradas e continuarão a ser nominalmente denominadas em dólares americanos sob o novo contrato. Ele também observa que “No momento do pagamento, as taxas serão convertidas de USD em bitcoin pelo processador de pagamento e, em seguida, depositadas na carteira digital do diretor não funcionário aplicável.”


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Isso significa que a empresa terá ainda mais um papel como força compradora no mercado de Bitcoin, já que não gastará os bitcoins de seu caixa para pagar os diretores.

Desde que mudou a estratégia de tesouraria em agosto de 2020, a Microstrategy tem adquirido bitcoin agressivamente. Em seu último anúncio em 5 de abril, a companhia revelou que “comprou aproximadamente 253 bitcoins por US$15 milhões em dinheiro, a um preço médio de aproximadamente US$ 59.339 por bitcoin, incluindo taxas e despesas”. A partir de 5 de abril, a Microstrategy diz:

“A empresa detém aproximadamente 91.579 bitcoins que foram adquiridos a um preço de compra agregado de US$ 2,226 bilhões e um preço médio de compra de aproximadamente US$ 24.311 por bitcoin, incluindo taxas e despesas.”

O que você acharia de receber seu salário em Bitcoin? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Veja também: MicroStrategy compra 3 vezes a fortuna de Luiz Barsi em Bitcoin em menos de 1 mês


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!