Minerar bitcoin é verdadeiramente um negócio da China! Saiu hoje uma lista de companhias chinesas que valem mais de 1 bilhão de dólares – também chamadas de unicórnios.

Minerar bitcoin cria unicórnios

O Instituto de Pesquisa  Hurun publicou uma lista com as empresas unicórnios da China, nunca antes uma empresa de mineração de bitcoins foi incluída nesse index. As empresas listadas foram: Bitmain, Ebang e Canann Creative.
Estas 3 empresas somadas são avaliadas em aproximadamente 15 bilhões , algo em torno de 30 bilhões de reais.  Vale lembrar que a Bitmain recebeu uma rodada de investimentos que avaliou a companhia em 10 bilhões de dólares.
Pare se ter ideia da dimensão que o negócio de mineração de criptomoedas tomou, apenas em 2017 a Bitmain teve um lucro operacional maior do que algumas empresas tradicionais do ramo de hardware e equipamentos gráficos, como é o caso da Nvidia, empresa fundada há 24 anos que lucrou 1 bilhão de dólares a menos do que a gigante dos bitcoins. Com todo esse lucro, será que vale a pena minerar bitcoins em casa? Respondemos essa questão no post:
https://cointimes.com.br/nao-repita-em-casa-descubra-por-que-nao-minerar-bitcoins-sozinho/
A empresa Hurun avaliou as mineradoras Canann Creative em 3 bilhões de dólares e a Ebang em 1.5 bilhões. Respectivamente figurando entre a 32° e 53° no index. O crescimento do mercado se dá mesmo após queda no preço do Bitcoin, a Canann em 2017 valia “apenas” 500 milhões de dólares.
Algumas empresas dessa lista estão entrando no mundo das criptomoedas, a Ant Financial é um exemplo, eles são uma empresa de pagamentos afiliada ao Alibaba e avaliada em U$$149 bi. No mês passado a empresa anunciou o lançamento de uma solução de blockchain para facilitar pagamentos entre Filipinas e Hong Kong.
O ranking completo pode ser visto na página oficial da Hurun. Se você quer entender sobre o mercado de mineração, ouça nosso podcast sobre o tema: