2020 foi um ano muito importante para o Bitcoin que ultrapassou sua máxima histórica (ATH) anterior, estabelecido na infame corrida de touros de 2017. Pegando uma tendência do ano passado, os últimos 7 dias de 2021 não foram diferentes. O Bitcoin tem aparecido repetidamente nos noticiários por se superar, chegando a mais de US$ 41 mil e, desde então, se estabilizou um pouco abaixo disso. No entanto, uma métrica interessante parece estar se movendo lentamente para baixo.

De acordo com um relatório recente da LongHash, o Bitcoin e seus endereços ativos agora estão se movendo de maneira bastante curiosa. À medida que a moeda continua se movendo para cima nos gráficos de preços, sua correlação com a contagem de endereços ativos está indo na direção oposta. Isso, por sua vez, sugere que tal fator parece ter um impacto menor na confiança de novos investidores e no preço do BTC.

Para ser claro, a contagem de endereços ativos do Bitcoin está aumentando – na verdade, está perto de um recorde histórico. Mas não está tão correlacionado com o preço do Bitcoin como costumava ser, de acordo com uma análise de correlação de Pearson realizada por LongHash usando dados de Quandl.

O bitcoin e seus endereços ativos sempre compartilharam uma alta correlação se observarmos os dados históricos da rede. Em outras palavras, sempre que o preço aumenta, o número de endereços ativos também aumenta. Apesar da correlação positiva contínua entre esses dois aspectos do Bitcoin, o relatório de LongHash observou uma mudança sutil.

Se reduzirmos o escopo para apenas dados de 2020, no entanto, esse número cai para 0,55 – ainda uma forte correlação positiva, mas não tão forte como tem sido historicamente. E se reduzirmos o escopo ainda mais, para dados de 1º de agosto de 2020 até 4 de janeiro de 2021, o número cai novamente: 0,28, uma correlação positiva fraca.

Isso destaca como ao longo de 2020 o preço do Bitcoin se desvinculou de sua contagem de endereços ativos, o que é bastante diferente da corrida de touros de 2017, que observou uma correlação positiva de 0,82.

Cointimes Awards

Uma das principais razões pelas quais essa mudança está ocorrendo na forte corrida de touros do Bitcoin é mais uma vez devido à mudança em seu público. A corrida de touros de 2020 foi em grande parte provocada por investimentos institucionais em grande escala que envolvem negócios de grande volume que não exigem muitos endereços de BTC.

Embora os endereços tenham aumentado ao longo de 2020, de acordo com os dados da Glassnode de 700.000 para 1.300.000, a ligeira queda na correlação entre o preço e os endereços ativos pode ser outro fator que sugere não apenas a evolução do cenário do Bitcoin, mas também sugere mudanças na base de usuários do Bitcoin.

Embora o Bitcoin continue sendo o token criptográfico mais comumente usado para pagamentos online, sua participação caiu substancialmente: de 89% dos pagamentos em criptomoeda em junho de 2020 para 79% em novembro de 2020, finalizou o relatório.

Leia mais: Dólar inicia o ano em alta. O que esperar para 2021?


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br