Com o objetivo de te manter bem informado, semanalmente, sobre o mercado de criptomoedas para que você possa tomar as melhores decisões em relação aos seus investimentos, o Cointimes, juntamente com a empresa de Research em criptomoedas, Mercurius Crypto, irão liberar um report semanal completo do mercado.

Nosso report contará sempre com análises fundamentalistas e técnicas sobre as últimas movimentações do Bitcoin na semana e com um estudo exclusivo sobre as perspectivas para o ativo.

Nosso estudo ocorrerá sempre nas segundas-feiras para que você tenha tempo para se preparar para o mercado. Bem-vindo ao Mercurius Mondays!

O Bitcoin que você conheceu não existe mais

Nessa semana, a economia mundial está dando sinais de recuperação após o COVID-19. Os principais mercados do mundo foram surpreendidos com a baixa taxa de desemprego norte-americana e com a rápida recuperação das empresas.

Tal recuperação fez com que tanto o S&P 500 quanto o Ibovespa se valorizassem mais de 15% nos últimos dois meses. Confira no gráfico abaixo a variação dos ativos IBOV, BTC, Ouro e S&P:

Variação dos ativos nos últimos dois meses

O Bitcoin permanece sendo o ativo que melhor performou nessas últimas semanas, mesmo com esse momento positivo do mercado tradicional. Apesar disso, o que se observou nos últimos 15 dias foram movimentos lateralizados da criptomoeda, o que indica uma grande indecisão do mercado.

Outro indicador que evidencia essa indecisão em relação ao Bitcoin é o sentimento do mercado, que está em uma zona neutra nas duas últimas semanas, mantendo-se aberto em relação aos próximos passos do preço do Bitcoin.

A volatilidade do mercado também está em baixa no médio prazo. Quando observa-se este indicador no período de 30 dias, percebe-se que o mercado encontrou uma zona estável entre 3,6% a 4,2% de volatilidade, um comportamento semelhante ao preço do Bitcoin que há semanas está variando entre os 10.000 USD e os 8.750 USD.

Todos esses comportamentos reforçam a ideia de que o Bitcoin vive um momento de estabilidade um mês pós o Halving do Bitcoin, algo que não era esperado pelo mercado, visto que antes do Halving havia uma grande euforia em relação a uma possível nova Bull Run, consequentemente uma expectativa de aumento de volatilidade do ativo, reforçado pelo histórico pós Halving.

Esse comportamento supreendenete reforça a tese que o mercado de criptomoedas, em especial o mercado do Bitcoin, amadureceu e tornou-se mais racional ao longo dos últimos 4 anos.

Essa tese de amadurecimento do mercado cripto é o tema do nosso report dessa semana, onde analisamos como a entrada de capital institucional de grandes empresas no segmento de mineração e investimentos em criptomoedas pode estar influenciando o mercado como nunca antes visto. Possivelmente, o Bitcoin que você conheceu em 2017 pode não existir mais.

Leia esse estudo de forma completa e nossa visão semanal do mercado na versão completa do  Mondays #01.

 

Quer ler o Mercurius Monday completo?

Você pode fazer Download e ler todo o material em PDF de maneira gratuita.