Rispar

As exchanges não devem esquecer tão cedo do dia em que a pandemia de coronavírus chegou ao mercado de Bitcoin, fazendo a criptomoeda cair junto aos ativos tradicionais do mercado.

Em dólar, o Bitcoin chegou a cair 37,5% no dia 12 de março, registrando seu terceiro pior desempenho em 24 horas de todos os tempos – e a maior queda desde que a criptomoeda entrou para o mainstream em 2017.

Mercado sofreu e exchanges tiveram que se adaptar

Na Huobi, uma das maiores exchanges de criptomoedas, mais de 10.000 posições de usuários alavancadas foram liquidadas, de acordo com a empresa.

Historicamente, a volatilidade dos preços tem sido boa para as exchanges, que ganham a maior parte de seu dinheiro com taxas de negociação. Mas para algumas corretoras, o crash se mostrou negativo.

Coinext 760x150

 

A BitMex viu a saída de cerca de 91.000 bitcoins no valor de mais de R$ 3,8 bilhões, com o comércio caindo ou os especuladores levando seus fundos para outros lugares, de acordo com dados examinados pela Coin Metrics.

Várias outras exchanges, como a Bitfinex, também tiveram menos depósitos em Bitcoin, de acordo com a Coin Metrics. E praticamente todos os volumes de negociações caíram. O volume médio diário das principais bolsas de derivativos, incluindo Huobi, BitMex e OkEx, caiu de 30% a 60% entre março e abril, segundo o CryptoCompare.

Enquanto isso, o volume médio diário em algumas outras exchanges como Binance e OkEx também caiu em pelo menos 10%, de acordo com o CryptoCompare.

“[O crash] nos deixa muito preocupados e não é uma coisa boa para a exchange”

“Quando as pessoas se machucam e são liquidadas, significa que perdemos muitos clientes. E isso machuca todo o ecossistema. Alguns clientes, quando são liquidados, definitivamente precisam de tempo. Outros não voltarão.”

disse Ciara Sun, vice-presidente de negócios globais do Huobi Group

No entanto, as exchanges viram algo positivo durante a grande volatilidade, um aumento repentino de novos cadastros foi percebido pela maioria delas.

Como consequência, muitas das corretoras estão se preparando para atualizar sua infraestrutura, para não terem os mesmos problemas quando houve o boom de 2017.

A Binance é uma dessas exchanges que estão se preparando para a entrada de novos players no mercado. Segundo o CEO conhecido como CZ, várias melhorias estavam sendo feitas, mas a principal coisa que estariam focados agora era em aumentar a capacidade do sistema.

Já a Huobi optou por implementar uma espécie de circuit breaker: em vez de interromper as negociações, o software interromperá as ordens de liquidação em posições em que a margem seja menor ou igual a zero quando for identificado um desvio anormal de preço entre o preço de mercado e o preço de liquidação.

A exchange também começou a fazer liquidações parciais – essencialmente, liquidando as posições de um usuário em partes, e não de uma só vez.


BitcoinToYou –  Negocie criptomoedas sem pagar taxa
 
A primeira corretora do Brasil, negociamos criptomoedas desde 2010. 
Abra sua conta grátis!
 
Abrir conta


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br