O coronavírus (COVID-19) na quinta-feira (12) chegou em um dos seus piores estágio até hoje, com o número de infectados ultrapassando os 125.000 e diversos países participando da corrida que está sendo produzir uma vacina para parar a então classificada pandemia.

Enquanto isso o vírus continua afetando a economia, e isso não é diferente na indústria do entretenimento.


Veja também: Probabilidade de recessão aumenta para 53%, a maior desde 2009


Efeitos no mundo dos games

Diversos eventos voltados ao entretenimento foram cancelados e paralisados, com o intuito de preservar a saúde da população e controlar a pandemia que o coronavírus tem se tornado.

A E3, principal evento de games do mundo, anunciou nesta quarta-feira através da ESA, que seria inevitável chegar a essa conclusão.

“Após uma consulta cuidadosa com nossas empresas associadas sobre a saúde e a segurança de todos em nossa indústria – nossos fãs, nossos funcionários, nossos expositores e nossos parceiros E3 de longa data – tomamos a difícil decisão de cancelar o E3 2020”, afirmou a ESA em seu comunicado oficial.

A E3 não foi o único evento que se sentiu na obrigação de cancelar o seu compromisso com o público. A GDC, evento que traz anualmente diversas novidades sobre o mundo dos games, também comunicou o seu cancelamento.

Outros grandes eventos foram cancelados neste ano com receio do coronavírus: CinemaCon, Salão do Automóvel, Lollapalooza, festivais, turnês e até mesmo o lançamento do filme “007 – Sem tempo para morrer”.

Manchester City perde R$47 milhões

Partidas realizadas pela UEFA Champions League na noite de ontem (11 de março) foram feitas de portões fechados ao público. Só no jogo Real Madrid x Manchester City, que será adiado ou feito de portões fechados, o prejuízo poderá chegar a R$47 milhões.

A Europa tem sido um continente muito afetado pelo COVID-19, e diversos campeonatos foram paralisados e tiveram suas rodadas adiadas. Alguns atletas fizeram o teste para o vírus e tiverem o seu resultado positivo, como método as equipes entraram em quarentena.

Arsenal, Juventus, Real Madrid, Utah Jazz, Celtics, Cavaliers são apenas alguns times que adotaram essa prevenção.

O que devo fazer?

Sugerimos que siga todos os métodos de prevenção que estão sendo divulgados por órgãos públicos mundiais: use constantemente Gel Antisséptico, lave as mãos diversas vezes, cubra a boca ao tossir; essas são algumas das maneiras que podem fazer a diferença.