Com a volta à normalidade do mercado, o Bitcoin encontrou uma nova região de preço entre os 11.500 a 12.000 USD e voltou a se estabilizar, o que fez com que o ativo não aumentasse muito sua volatilidade no médio prazo.

Entretanto, os investidores de criptoativos estão reagindo de forma positiva a esse momento de mercado (talvez até demais), o índice de medo e ganância do Bitcoin saiu de uma zona estável de otimismo para um salto para a zona de ganância extrema essa semana.

Isso deve ser interpretado como um sinal de alerta, no mínimo, dado que nos momentos de irracionalidade do mercado (como esse) são os momentos que os grandes players possuem liquidez para realizarem os seus lucros de movimentos anteriores (como essa valorização de 30% do BTC nos últimos trinta dias).

Gráfico com medo e ganância

O volume do Bitcoin no mercado spot voltou a crescer!

Esse fato é algo muito positivo para o mercado, dado que vivemos momentos em que tivemos um dos menores volumes semanais no BTC nesse ano a poucas semanas atrás, agora registrando uma alta de volume consiste, o que significa uma estabilização do mercado e um menor risco de manipulação.

gráfico com o volume de trade na Coinbase

E já que estamos falando de volume de BTCs: você sabe quando Bitcoins estão disponíveis para serem movimentados no mercado?

Se você respondeu 21 milhões ou 18,5 milhões, sua resposta está incorreta, o número é menor ainda.

Mas você sabe o que isso pode significar para seus investimentos?

Se não, separamos um estudo completo essa semana explicando tudo sobre o real volume do BTc e de outros criptoativos e como isso pode estar associado com risco de manipulação e uma possível falta de liquidez do mercado.

Acesse no link o estudo completo.