Confira as principais jogadas no mercado de criptoativos, política e economia com os destaques da manhã.

Economia: Inflação preocupa mercados

“Os sinais inflacionários, incluindo um aumento nos preços das commodities, são mais altos do que vimos em anos”, disse Geir Lode, chefe de ações globais do negócio internacional da Federated Hermes. “A perspectiva de uma recuperação econômica mais cedo do que o esperado levou a um aumento no rendimento de 10 anos dos EUA.”

Em declarações esta semana, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, ofereceu garantias de que a política continuaria a apoiar e que eles olhariam além de uma retomada temporária da inflação, especialmente de uma base baixa.

Já no mercado de criptoativos o movimento DeFi (finanças descentralizadas) apresenta um crescimento de 143% em TLV no ano. Bitcoin Cash e BTC tentam capturar o potencial do DeFi com as soluções RSK (BTC) e Moeing (BCH), mas até agora sem sucesso.

O bitcoin tenta se manter acima dos US$50 mil, enquanto a Litecoin avança 5% com esperanças de um muito esperado upgrade programado entre o final de fevereiro e março.

Eventos importantes:

  • Ministros das Finanças e banqueiros centrais do Grupo dos 20 se reunirão virtualmente na sexta-feira. O Brasil está incluso no grupo.
  • Hoje temos airdrop do ZkSwap para promover a layer 2 do Ethereum – Saiba mais 
  • Nano será completamente integrada na BSC na sexta-feira via Thirm Protocol

Política: Paulo Guedes jogado no lixo

PECs e MPs invadem os noticiários e preocupam o Brasil, principalmente a PEC da Impunidade.

A “privatização” Eletrobras

Ontem(24/02), Bolsonaro apresentou a Medida Provisória (MP) para privatizar a Eletrobras.

Mas a MP não é o que parece, além de definir contrapartidas de R$8,7 bilhões em investimentos duvidosos, ela propõe apenas o início das avaliações de privatização pelo BNDES. Segundo O Antagonista, a avaliação mais rápida do banco estatal para privatizar uma empresa demorou 11 meses, até lá estaremos em ano de eleição. Fora que o Senado sinaliza a devolução da medida.

Em suma, foi mais uma jogada de marketing que qualquer outra coisa. Mais uma vez o liberalismo de Paulo Guedes é jogado no lixo. 

PEC Emergencial indo para o buraco?

Aumenta a pressão no Senado para que a PEC Emergencial preserve os gastos mínimos com saúde e educação. – O Antagonista

Saúde e educação são prioridades. Não podemos sacrificar ainda mais essas áreas que já sofrem com falta de recursos. Precisamos encontrar uma solução melhor.” – Márcio Bittar (MDB)

Assim como aumenta a pressão para que o Auxílio Emergencial volte e fure o teto da meta, claro, com aval do Congresso. 

PEC da Impunidade

Por 304 a 154 a PEC da Impunidade foi admitida no plenário da Câmara.

É um verdadeiro salvo-conduto para parlamentares criminosos e corruptos, já que impede a prisão de deputados por crimes comuns. ” – afirmou Marcel van Hattem (NOVO).

Agora, os deputados a favor da PEC precisam virar 4 votos para aprovação em primeiro turno na Câmara. 

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br