O preço do BTC recuou 10% de quinta para sexta-feira, liquidando muitos traders, mas ainda existem mais touros que ursos no mercado de derivativos, em uma proporção de 4:1.

BTC em -10% e ainda pode cair mais

O preço do Bitcoin vem em uma tendência de queda já há algumas semanas e de ontem (quinta-feira, 05) para hoje o ativo registrou mais de 10% em desvalorização, saindo de ~US $39.700 para ~US $35.700.

Saiba mais: Preço do BTC pode chegar até os US $34 mil

Conforme já trouxemos em outras análises, é possível que o preço do bitcoin esteja se dirigindo para uma faixa entre US $32.950 e US $34.300, que são ambas possíveis linhas de suporte de preço que podem servir como ponto de impulso importante para uma possível alta, ou retornar o ativo para uma faixa de acumulação entre $37 e $42 mil dólares.

gráfico com preço do bitcoin e alvos conforme descrito na matéria.
Fonte: TradingView

De acordo com Arthur Hayes, também é possível que o BTC volte a ser negociado por US $30.000.

Análise On-Chain está indicando alta

As análises on-chain, no entanto, são bastante positivas, e mostram um padrão de saídas recordes cada vez maiores, atingindo cada vez pontos mais baixos no gráfico de reservas de bitcoin nas exchanges.

Fonte: CryptoQuant

O que mostra que existem muitas baleias comprando e sacando BTC das exchanges, podendo até mesmo causar um fenômeno chamado supply shock (choque de oferta), com uma possível escassez de moedas à venda, que levaria o preço para cima.

Análise de derivativos e liquidações

Com a última queda, cerca de R$2.000.000.000 ($2 bilhões de reais) foram perdidos, com 123.267 traders tendo sido liquidados de suas posições, que em maioria eram touros (com long positions, apostando na alta de preço).

Liqudações de 476,53 milhões de dólares em 24 horas.

Este valor assombroso é explicado ao se observar a relação entre touros e ursos no mercado de derivativos (margem e futuros), medida pelo índice Long/Short Ratio.

Este índice mede quanto de dólar está alocado em posições de long (touros) e quantas em short (ursos).

Quando a diferença é muito grande, isso torna atrativo para muitas baleias (inclusive as próprias exchanges onde as posições são montadas) realizarem um movimento contrário na negociação do ativo à vista (em spot), causando estas liquidações massivas e potencializando o ganho destas baleias.

Nos últimos dias, o long/short ratio estava superior a 3.5:1, o que significa que a cada 3,5 posições apostando na alta, 1 estava apostando na baixa.

Este ratio é muito alto e criou a oportunidade perfeita para os US $476 milhões liquidados nestas 24 horas.

Já foi observado em outros momentos da história que, sempre que o L/S Ratio se afasta muito de 1:1, movimentos importantes acontecem, para trazer novamente equilíbrio ao mercado.

E foi o que aconteceu. Podemos observar pelo gráfico que, durante a queda, o L/S Ratio retornou para baixo de 2:1, mas aparentemente não foi suficiente, já que os apostadores continuam “bullish” em sua maioria, fazendo o índice superar os valores anteriores e se aproximar de 4:1, que é extremamente alto.

Fonte: TheBlockCrypto

Tendo isso em conta, seria possível ver mais uma forte queda, para liquidar estes touros e o mercado voltar a crescer de forma mais equilibrada, buscando o alvo de cerca de $33 mil dólares apontado nesta análise.

*Isso não é uma recomendação de investimento e todos os leitores são responsáveis por suas próprias decisões no mercado, devendo realizar suas próprias pesquisas e tirar suas próprias conclusões.

Leia mais:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br