O casal ReinisCouple, naturais da cidade de Bauru, no interior de São Paulo, está organizando o primeiro grande evento de obras de arte em NFT que será dividido em 4 edições neste ano.

ReinisCouple e o metaverso NFT

Shirley Reinis e Oliver Reinis entraram no mundo da fotografia em momentos diferentes. Sendo que Oliver começou aos 22 anos de idade com um projeto de fotos de Surf e Shirley aos 33 anos de idade como hobby, transformando depois o passatempo em sua profissão.

Organizadores da exposição NFT no Brasil
Oliver (esquerda) e Shirley (direita) Reinis

O casal fundou o estúdio RΞinisCouple com sede física na cidade de Bauru, interior de São Paulo e sede digital no metaverso, abrindo diversas portas e oportunidades para expor seu trabalho ao mundo e conseguir financiá-lo.

Até o momento o estúdio já possui 8 coleções de arte, com quantidades variadas de trabalhos individuais em cada coleção. Seu estilo é bem marcante, com destaque para foto-manipulação, surrealismo e fine art.

obra de arte NFT da coleção Invasion Black & White
Invasion Black & White

Já são 26 proprietários colecionadores de sua arte e o trabalho do casal chegou a se transformar em capa na revista Asset Times, criada com o intuito de divulgar oconteúdo sobre este mercado em constante crescimento.

Reinis couple com seu trabalho NFT em capa para a assettimes

Exposição NFT no Brasil

O evento nomeado NFT São Paulo é uma criação do ReinisCouple e deverá ser a primeira grande exposição artística com foco no metaverso e na indústria de arte que utiliza a tecnologia dos tokens não fungíveis (NFTs).

Serão 4 edições, das quais 3 acontecerão em ambiente virtual nos meses de julho, setembro e novembro de 2022; e 1 edição presencial programada para dezembro do mesmo ano.

Na exposição física as artes serão expostas em telas e impressões (nos casos de algumas obras 2D que tem essa finalidade).

As inscrições para participação da edição de julho já estão abertas no site do projeto (até 15/06) e os interessados devem fornecer algumas informações pessoais, além do link para o token já cunhado em blockchain.

Estas exposições em ambiente virtual são o primeiro passo para que os artistas consigam um lugar no evento físico e façamfazem parte do processo de curadoria da organização do NFT São Paulo 2022.

“A curadoria de cada uma das exposições virtuais é feita por um painel de 3 pessoas. Eu e a Shirley, mais um curador convidado. Nesta primeira fase o curador convidado é o representante no Brasil da Algogems (marketplace de NFT da blockchain Algorand). Na seleção das obras para o evento físico participarão da curadoria eu, a Shirley, e os 3 curadores convidados (um de cada exposição virtual)”.

– Oliver Reinis

Leia mais:

Passfolio