Rodrigo Maia está se afastando cada vez mais do governo Bolsonaro. O presidente da Câmara ficou muito irritado com ataques que vem sofrendo do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), através do twitter.

Ele chegou a ligar para Paulo Guedes dizendo que ia abandonar a reforma. Maia também chegou a discutir com Sergio Moro.

Carlos Bolsonaro acredita que o projeto de lei anticrime de Sérgio Moro deveria ser prioridade.

Ele avisou aos seus aliados que passará a manter o “papel institucional” na negociação de votos da reforma da previdência. Sua relação não era boa com o governo. Depois dos últimos acontecimentos, a relação está em crise.

O mercado viu como suave o projeto de reforma na previdência dos militares e a queda de popularidade do Bolsonaro tirou o fôlego da articulação política do governo.

Como consequência disso, o Ibovespa corrigiu e abriu o dia de hoje (22) em queda. Depois de chegar aos 100 mil pontos, o índice da bolsa de valores está na casa dos 95 mil pontos, uma queda de 5% desde a máxima histórica.

Responsável por pautar os projetos em plenário e decidir sobre pedidos de impeachment, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vive o momento de maior afastamento do governo.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br