O cripto-twitter explodiu novamente com mais uma proposta de aposta sobre o preço do Bitcoin. Desta vez, o Mises Capital propôs que alguém do mercado financeiro apostasse se o preço do criptoativo iria ou não dobrar no próximo ano.

Felippe Hermes, co-fundador do Spotniks e entusiasta do Bitcoin, então convidou Samy Dana e Leonardo Siqueira, ambos economistas respeitados no mercado, a participarem da thread na rede social.

Dana prontamente sugeriu que a aposta triplicasse de tamanho para R$ 150.000, e que o preço se baseasse em dólar, já que o mercado de Bitcoin é internacional.

Leonardo Siqueira, por sua vez, foi rápido ao demonstrar que a aposta poderia ser aceita sem nenhum tipo de risco para o tomador, desde que fizesse um hedge para ela comprando o valor da aposta em Bitcoin.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

“Ele deve ter falado 233k porque era o dobro do preço que estava 116,5k.

Então vamos assumir esse preço.

1. Feche a aposta por 50k.

2. Compre 50 mil em BTC ao preço de 116.500 no mercado na mesma hora.

Quais as possibilidades?

– BTC desvalorizar. 

Se o BTC < 116,5kk 

Eu perco a valorização, mas ganho os 50k da aposta. 

Meu payoff = 50k – desvalorização > 0. 

Maior que zero pois, minha perda máxima é 50k na desvalorização.

– Se 116,5k < BTC < 233k

Aí ganho nas duas pontas

Ganho valorização do BTC + 50k da aposta. 

Meu payoff [50k, 100k]. 

Ou seja, 50k da aposta se BTC ficar parado em 116,5k. 

E 100k se BTC ficar em 229,9999k

– Se BTC > 233k 

Eu perco 50k da aposta, mas ganho valorização. 

E a valorização será mais de 100%, ou seja, mais de 50k > 0. 

Portanto meu payoff é > 0 nas três situações.”

Em conversa com Mises Capital, o perfil afirmou que a ideia original era justamente que um cético “tivesse que comprar Bitcoin pra hedgear a aposta.”

Samy, no entanto, retuitou a estratégia e acrescentou o risco que Leonardo poderia não estar vendo, o de calote. Segundo ele, o “custo de reputação é assimétrico”.

Foi aí que entrou Fabricio Tota, o CEO do Mercado Bitcoin, que prontificou a mesa da exchange para servir de escrow, ou seja, a garantidora do negócio.

A corretora de bitcoin seguraria a perda máxima das duas partes e, ao final da aposta, entregaria a premiação para o vencedor. Sem risco de calote e com hedge em bitcoin, parece uma decisão fácil para o economista, conhecido na comunidade por chamar o ativo de bolha na Globo.

twitter Samy Dana, CEO do Mercado Bitcoin, Mises Capital

Perguntado pelo Cointimes se compraria Bitcoin para realizar um hedge para zerar os riscos, Samy respondeu que não fala de seus investimentos e ativos que compra. “Não é da conta de ninguém”, disse ele adicionando:

Neste ponto, inclusive, admiramos a resposta de Dana, que escolheu prezar pela privacidade financeira. Seja comprando bitcoin ou qualquer outro ativo, todos deveriam fazer o mesmo.

Veja também: CEO da Foxbit sugere aposta contra Tiago Reis sobre preço do Bitcoin


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!