A exchange de criptomoedas Gemini Trust, fundada pelos irmãos gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, possui planos para se tornar uma empresa de capital aberto. Seguindo os passos da Coinbase, exchange que solicitou abertura de capital em dezembro do ano passado, a companhia estuda a possibilidade de tal operação.

Em entrevista à Bloomberg eles falaram sobre essa possibilidade:

Definitivamente estamos considerando isso e garantindo que tenhamos essa opção. […] Estamos observando o mercado e também tendo discussões internas sobre se isso faz sentido para nós neste momento. Certamente estamos abertos a isso.

Ainda não foi decidido a maneira que esse processo deveria ocorrer, realização de IPO, listagem direta ou fusão com empresa já estabelecida em bolsa são possibilidades.

Na semana passada, a empresa anunciou o lançamento do cartão de crédito Gemini, que retornará até 3% em cashback em Bitcoin ou em altcoins aos seus clientes a cada compra realizada. O cartão de crédito da Gemini surgiu por conta da compra da startup Blockrize ano passado.

Um serviço semelhante existente no Brasil é o Coingoback, plataforma que retorna parte do valor de suas compras online realizadas em sites parceiros em Bitcoin, Nano, Ether, Pax Gold ou reais.

Leia mais: Como comprar jogos e receber cashback em Bitcoin e outras criptomoedas

A Gemini também foi a primeira empresa a solicitar a criação de um ETF ainda em 2017, mas que foi prontamente rejeitado pela Comissão de Valores Mobiliários (SEC). Porém, a empresa ainda tem planos para a criação de um fundo em Bitcoin.

“Dinheiro é lixo”

Os irmãos seguem firmes na afirmação de que ‘dinheiro é lixo’ e que a inflação deve corroer o poder de compra das pessoas que mantêm o seu dinheiro em moeda fiat. Os Winklevoss têm posições otimistas a respeito da criptomoeda, afirmando que o ativo deve atingir os US$ 500 mil em 10 anos. 

Somos muito ‘holders’ a esse preço, disse Cameron Winklevoss. Já temos muita exposição, então não estamos procurando ativamente aumentar nossa posição.

Os gêmeos ficaram famosos em anos atrás por processarem Mark Zuckerberg por supostamente ter roubado a ideia do Facebook. No total, US$ 11 milhões foram utilizados para comprar Bitcoin ainda em 2013. Com essa operação, bilhões foram feitos pelos irmãos.

Leia mais: Criador de Rick and Morty entra nas criptomoedas com leilão inédito

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br