Um novo estudo da BitMEX mostrou que o financiamento do Bitcoin para o desenvolvimento do código está ficando mais descentralizado.

A Blockstream e a Lightning Labs são os maiores contribuidores de financiamento da criptomoeda para o desenvolvimento de código aberto do projeto, com 8 desenvolvedores dedicados em cada.

Blockstream e Lightning Labs lideram o número de devs
Número de desenvolvedores dedicados ao desenvolvimento do Bitcoin na equipe de cada empresa.

A Square Crypto fica em segundo, com 7 devs. Apesar disso, a Chaincode Labs, um centro de pesquisa Bitcoin de Nova York, é a empresa que mais financia desenvolvedores produtivos (nº de commits) para o código atual.

Fundos que apoiam o desenvolvimento do Bitcoin Core
Fonte de financiamento atual para os principais contribuidores do Bitcoin Core (por número de commits).

Porém, o número de commits serve apenas com um indicativo, não representando todo o esforço do dev naquele projeto. A revisão de código, por exemplo, é de suma importância e não conta como commit.

Como conclusão, a BitMEX deixou a opinião de que os dados mostravam um cenário mais robusto para a criptomoeda hoje do que antigamente, quando havia somente um financiador significativo do projeto, a Bitcoin Foundation.

Apesar da liderança inegável da Chaincode Labs em termos de financiamento para desenvolvedores do Bitcoin Core, outras empresas estão entrando na cena, como a OkCoin, BTSE e a própria BitMEX.

Você pode acompanhar o desenvolvimento do Bitcoin Core através da sua página no github.

Leitura recomendada: O desafio dos devs do Bitcoin: Como atualizar uma rede descentralizada