Nesta segunda-feira (20), o Senado votará emendas da PL 873/20 que estenderão o benefício do Coronavoucher para outras categorias de trabalhadores.

+LEIA MAIS: Coronavoucher: como resgatar benefício de R$600 a informais

De autoria do senador (Rede-AP) e relatado pelo senador Esperidião Amin (PP-SC), o projeto pode aumentar o benefício para motoristas de aplicativo e taxistas, esteticistas, pescadores, vendedores de porta, caminhoneiros, diaristas, garçons, garimpeiros, dentre outros.

Ademais, o texto em votação no Senado inclui sócios de empresas inativas, e aumenta o bônus do Coronavoucher em lares monoparentais de R$600 a R$1.200; este bônus, por sua vez, era apenas concedido às mães chefes de família.

+LEIA MAIS: Presidente da Caixa diz quando cadastros receberão coronavoucher

Além disso, outras categorias não constatadas no texto original também poderão ser acrescentadas à medida que o projeto progride.

Por fim, é ressaltado que os bancos não podem usar o coronavoucher para automaticamente liquidar dívidas preexistentes de clientes com saldos negativos. O beneficiário pode escolher o que fazer com o dinheiro.

BitcoinToYou –  Negocie criptomoedas sem pagar taxa   A primeira corretora do Brasil, negociamos criptomoedas desde 2010.  Abra sua conta grátis!   Abrir conta