O portal venezuelano “El Estímulo” diz que os soldados venezuelanos dispararam contra civis matando duas pessoas e ferindo 15.

O incidente é o mais violento de que há conhecimento desde que milhares de voluntários se mostraram disponíveis para entrar com ajuda humanitária na Venezuela.

O incidente aconteceu na vila de Kumarakapai quando um grupo de civis tentava assegurar a passagem de ajuda humanitária na fronteira entre o Brasil e a Venezuela.

Fronteira entre Brasil e Venezuela.

O jornal “The Washington Post” explica que quando os locais tentaram impedir os veículos do exército venezuelano de avançar, os soldados abriram fogo. Entre as vítimas mortais está Zorayda Rodriguez, de 42 anos.

Segundo a agência Venepress, um grupo de indigenas terá avançado contra os soldados depois dos disparos, raptando três deles que ainda estão sob custódia.

https://cointimes.com.br/venezuela-posiciona-misseis-na-fronteira/

Pelo menos 30 vizinhos saíram às ruas após o tiroteio, sequestrando três soldados, segundo Carmen Elena Silva, 48, que se juntou ao bloqueio, e George Bello, porta-voz da comunidade indígena.

Na quinta-feira, o presidente venezuelano, Nicolas Maduro, ordenou o encerramento das passagens de fronteira da Venezuela com o Brasil. 

Jorge Perez, um vereador local em Gran Sabana, o distrito em que a cidade está localizada, disse que estava presente quando os soldados abriram fogo. “Eu pergunto às forças armadas, é constitucional para eles dispararem contra povos indígenas desarmados?”, Disse ele. “É constitucional matar indígenas?”

“Decidi (que) no sul da Venezuela (…) a partir das 20 horas de hoje (meia-noite de sexta-feira em Portugal continental) (…) fica encerrada total e absolutamente, até nova ordem, a fronteira terrestre com o Brasil”, anunciou Maduro numa reunião com militares no forte Tiuna de Caracas, o maior quartel do país.

Via: TSF PT

Você gostou desse conteúdo? Nós temos muito mais! Siga e compartilhe a página do Cointimes para se manter atualizado com os conteúdos mais relevantes. Estamos em todas as mídias sociais também: FacebookTwitterInstagram.