O arquivamento trimestral da Tesla junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) mostra que os bitcoins que a empresa ainda mantém valem US$ 2,48 bilhões, um aumento substancial do investimento inicial de US$ 1,5 bilhão.

Isso aconteceu após a venda de parte dos bitcoins pela empresa de carros elétricos, que de acordo com o CEO Elon Musk serviu para “provar a liquidez” da criptomoeda, que se mostrou forte mesmo com a liquidação milionária.

Tesla ainda possui quase 2,5 bilhões de dólares em BTC

A Tesla explicou no relatório que comprou “um total de US$ 1,5 bilhão em ativos digitais, compostos exclusivamente de bitcoin” durante os três meses encerrados em 31 de março. A empresa também começou a “aceitar bitcoin como pagamento pelas vendas de alguns de nossos produtos em regiões, sujeito às leis aplicáveis.”

A empresa então vendeu alguns de seus bitcoins em março, o que confirma que a queda do preço do bitcoin em abril não teve relação direta com a liquidação da Tesla. Se Musk realmente só queria provar que o Bitcoin é uma excelente forma de guardar valor em um ativo líquido, disponível em todos os dias e horários e em qualquer lugar do mundo, funcionou.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Depois de contabilizar a venda de alguns bitcoins que renderam US$ 272 milhões, a Tesla escreveu:

“Em 31 de março de 2021, o valor contábil de nosso bitcoin detido era de US$ 1,33 bilhão… O valor justo de mercado do bitcoin mantido em 31 de março de 2021 era de US$ 2,48 bilhões.”

Em 31 de março o BTC era negociado por volta de US$ 59 mil. Desde então, a cotação enxergou uma queda. No momento em que este artigo foi escrito, o preço do bitcoin era de US$ 54.661, o que significa que os criptoativos da Tesla valem aproximadamente US$ 2,3 bilhões.

Enquanto a Tesla anunciava a venda de alguns bitcoins, Elon Musk disse no Twitter: “Eu não vendi nenhum dos meus bitcoins”. Ele explicou que “a Tesla vendeu 10% de suas participações essencialmente para provar a liquidez do bitcoin como uma alternativa para manter dinheiro no balanço patrimonial”.

Enquanto isso, a Tesla ainda está comprometida em manter o bitcoin a longo prazo. O CFO Zachary Kirkhorn, cujo título também é Master of Coin, disse durante a teleconferência de resultados na segunda-feira: “Acreditamos no longo prazo no valor do bitcoin. Portanto, é nossa intenção manter o que temos a longo prazo e continuar a acumular bitcoin de transações de nossos clientes conforme eles compram veículos.”

Veja também: Gamer ganha R$2 mil por semana com jogos em blockchain, veja como jogar


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!