Andrew Henderson, criador do canal Nomad Capitalist, revelou hoje os melhores destinos para investidores de bitcoin e criptoativos que querem se livrar de altos impostos e viver uma vida mais tranquila e menos burocrática.

Henderson e a equipe Capitalista Nômade são os especialistas mais procurados do mundo em estratégias fiscais legais, imigração de investimentos e cidadania global. Eles trabalham exclusivamente com empreendedores e investidores de sete e oito dígitos que querem “ir onde são tratados melhor”.

Conseguir uma nova cidadania, possivelmente múltiplas, pode ser importante para a liberdade de escolha e na garantia de um Plano B para caso a situação no seu país mude para pior. O Capitalista Nômade chama isso de “internacionalizar sua vida”, um passo para que nenhum único governo seja “dono” de você e possa cobrar o que quiser.

Já imaginou se o investidor de criptomoedas fica rico e o governo decida tributar pesadamente as grandes fortunas? Opções mundo a fora podem ser necessárias.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Custo de oportunidade para os bitcoiners

Segundo ele, seu contato com centenas de ricos investidores de criptomoedas lhe mostrou que a filosofia dos entusiastas de cripto é um pouco peculiar. “Para eles, é tudo sobre custo de oportunidade… Muitos deles acreditam no bitcoin a 100 mil dólares ou até 500 mil dólares.”

As melhores maneiras de conseguir um segundo passaporte é por descendência de estrangeiro, quase sem custo, ou por naturalização, que também apresenta pouco custo de oportunidade. Você pode dar entrada no processo para obter a residência em país apenas morando em um lugar por 2, 3 ou 5 anos.

No entanto, se você está bem envolvido no mundo das criptomoedas, em 2 ou 3 anos podem ser tempo demais para a sua situação financeira mudar drasticamente. Se você tem um problema com impostos, você pode querer se mudar mais rápido.

“O que eu geralmente recomendo para alguém do espaço cripto é buscar o melhor custo benefício de cidadania por investimento (citizenship-by-investment), que seria no Caribe.”, disse o especialista.

Para Malta, por exemplo, apesar de ser bem crypto-friendly, o custo pode chegar a um milhão de dólares. De acordo com Henderson, é preciso analisar a probabilidade da pessoa querer morar ali, pois o investidor pode apenas querer a cidadania daquele país enquanto mora em outro lugar.

Cidadanias do Caribe oferecem isenção de visto para Rússia e Europa Oriental, onde estão muitas pessoas do espaço de criptomoedas. Isso pode ser um fator determinante para um investidor de criptomoeda.

Vale notar também que as aprovações para o Caribe estão saindo mais rápido, com o processo sendo cada vez mais digitalizado depois da pandemia de covid-19. Considerando que a maioria prefere pagar mais para poder se mudar o mais rápido possível, essa é outra vantagem para os interessados.

“Eu procuraria as opções mais baratas para o Caribe, de novo, se você gastar 25 ou 50 mil dólares a mais [em outra opção de cidadania]… Quem sabe? Isso poderia ser meio milhão de dólares em algum momento no futuro próximo se a criptomoeda valorizar loucamente.”, afirmou o especialista.

Outras opções

Para algumas pessoas, o custo de oportunidade pode ser menor, como foi o caso de um cliente da Nomad Capitalist que afirmou ter US$ 25 milhões de dólares em criptomoeda, mas disse que queria vender US$ 5 milhões disso. “O custo de oportunidade logo se torna menos importante”, disse.

“O que um [considerável] número de pessoas já me disse foi: me deixe tirar algum dinheiro da mesa, alocar um pouco em metais preciosos ou títulos públicos…”. Então aí podemos voltar a olhar para programas de cidadania onde você consegue isso rapidamente ao comprar títulos do governo. Santa Lúcia oferece um programa nesse sentido.

“Se você agora quer realizar seus lucros com criptomoeda para criar sua empresa de criptomoedas, você também pode conseguir sua nova cidadania por gerar empregos em um novo país. Geralmente, isso não é o que eu recomendo para investidores de cripto, a não ser que você queira vender algumas de suas posições.”, disse.

Para um trader que faz muito dinheiro, e portanto tem que pagar grandes quantidades de impostos, é recomendado que considere a opção da Ilha de São Cristóvão, pelos seus baixos impostos.

Você pode assistir ao vídeo completo aqui:

Leia também: Conheça 8 países que não cobram imposto em ganhos com Bitcoin


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!