A World Chess, companhia responsável pela transmissão do Campeonato Mundial de Xadrez, anunciou a criação de um IPO hibrido.

Primeiramente, eles vão emitir tokens em blockchain para investidores creditados nos Estados Unidos e Europa, depois, será feito um ICO em Londres.

Foi anunciado que o blockchain da tZero será usado, essa é uma plataforma da Overstock criada para integrar o mercado financeiro ao ecossistema de criptoativos.

A empresa Securitize, vai cuidar do lançamento do ICO regulamentado – também conhecido com STO.

Dessa forma, será possível que os tokens da World Chess sejam negociados futuramente na Bolsa de Valores de Londres, após o lançamento de um futuro IPO.

A oferta será feita em 2020 e é vista como uma forma inovadora de levantar fundos:

“Essa é uma inovação financeira pioneira – acredito que muitas empresas usarão para arrecadar fundos no futuro”, disse Ilya Merezon, CEO da World Chess.