As notícias mais comentadas da comunidade de criptomoedas nos últimos dias vieram do maior gigante de vídeos, o Youtube.

Sem aviso prévio, o gigante começou a banir e remover vídeos relacionados a criptomoedas devido ao conteúdo “prejudicial”. Ainda assim, de acordo com o YouTube, não é uma proibição de cripto, é um “erro”, e tudo deve ser restaurado.

Motivações do YouTube para a exclusão dos vídeos

Como o Cointimes noticiou, o YouTube começou a censurar canais relacionados a criptomoedas. Entre os canais afetados estavam Chris Dunn TV, The Moon, Crypto Zombie, Ivan on Tech e Nugget’s News. Todos os quais estão entre os canais criptográficos mais populares.

Enquanto alguns foram penalizados ou recebidos strikes, o que significa que eles não podem publicar nenhum conteúdo novo por sete dias, outros tiveram seus vídeos removidos da plataforma de vídeo.

A situação continuou a aumentar no dia seguinte e até recebeu um nome não oficial – a limpeza de cripto do YouTube. Com tantos influenciadores afetados, a comunidade começou a especular sobre diferentes teorias possíveis sobre por que isso poderia estar acontecendo.

Embora o YouTube não tenha fornecido uma explicação oficial no início, algumas pessoas pensaram que ele estava tentando censurar a comunidade proibindo o Bitcoin e outros ativos digitais.

No entanto, após uma longa antecipação, o YouTube finalmente respondeu ao caso: “Este foi um erro do nosso lado durante o processo de revisão – seu vídeo deve ser reintegrado e os strikes resolvidos.”, De acordo com a conta oficial do YouTube no Twitter.

Vídeos ainda não foram restaurados

Após a resposta oficial do YouTube, os canais estão se recuperando lentamente. Enquanto alguns YouTubers admitem que seus vídeos estão sendo restaurados, outros disseram que ainda estão faltando.

Chris Dunn foi provavelmente o primeiro influenciador afetado, tendo os vídeos removidos devido a “conteúdo perigoso”. Agora, ele também reconhece a possível mudança de opinião da plataforma de propriedade do Google, dizendo que alguns de seus vídeos foram restaurados, mas ainda faltam dezenas.

Concluindo este evento bizarro, há algumas questões que restam. O mais importante é se esse ato foi feito de propósito por algum funcionário do YouTube que realmente não gosta do Bitcoin.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br