O Bitcoin se recuperou da recente baixa de US$43.500,00 em menos de uma semana, novos dados, informações e notícias mostram que a criptomoeda pode decolar novamente em breve. 

1. Mineradores pararam de vender forte

Os mineradores de bitcoin são os pilares da oferta monetária da criptomoeda, além criar os ativos eles também são responsáveis por escolher o momento certo de vender. 

Imagine que você tem uma fazenda com milhares de máquinas para minerar btc, todo mês há custos como contas de eletricidade, funcionários, impostos e manutenção. Com o passar do tempo você cria um caixa e as centenas de bitcoins minerados podem ser vendidos quando o preço estiver alto. Se, por outro lado, você escolhe vender os BTCs quando não há demanda de compra, então o mercado pode desabar ainda mais e suas operações serão prejudicadas.

Com a recente entrada dos investidores institucionais comprando bilhões de dólares na criptomoeda, os mineradores viram uma ótima oportunidade para vender e fazer caixa. E foi isso que eles fizeram entre dezembro e janeiro.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Segundo dados da Glassnode, os endereços de bitcoin dos mineradores liquidaram mais de US$1,3 bilhão do final de dezembro até o final de fevereiro:

Venda de bitcoin pelos mineradores

A boa notícia é que esse movimento vem se arrefecendo, pela primeira vez em mais de 60 dias os pilares da rede começaram a acumular novamente. Isso pode significar que a pressão de venda irá diminuir. 

2. SOPR foi reiniciado

A Relação de Lucro e Output Gasto (SOPR em inglês) é calculada dividindo o valor realizado (em USD) dividido pelo valor na criação (USD) de uma output gasto (uma transação na rede btc). Ou simplesmente: preço vendido / preço pago. 

Um valor superior a 1 significa a venda que o acumulado de pessoas vendendo no lucro é maior e para valores inferiores a 1 indicam a venda com perda. 

SOPR Gráfico métrica do bitcoin

O gráfico acima demonstra a venda de bitcoins com uma pequena perda no total e por um curto espaço de tempo. Isso expressa otimismo dos especuladores mesmo em momentos de baixa. 

O SOPR tende a indicar o sentimento de parte do mercado sob o preço do ativo e se em uma correção durante o bull market ele se mantém firme, isso é sinal extremamente positivo.

3. Os novos viciados em bitcoin

Apenas em fevereiro a Grayscale, responsável pelos maiores fundos de criptoativos do mundo, comprou US$700 milhões em btc e ether.  Além disso, os institucionais aproveitaram a recente queda para acumular ainda mais ativos digitais. 

Além disso, o Goldman Sachs – crítico do bitcoin – não quer perder a festa e reabriu ontem sua mesa de operações para o criptoativo.  O JP Morgan, cujo presidente já chamou o btc de fraude, recomendou 1% do ativo digital na carteira. 

Goldman Sach anunciando negociar contratos de bitcoin

Até os críticos do criptoativo são obrigados pelas forças de mercado a reabrirem seus esforços de negociação. Ninguém quer ficar para trás, nem mesmo os bancos mais entrelaçados com o sistema. Money talks

4. O liberal de estimação do governo

O que o governo brasileiro tem a ver com o preço do Bitcoin? Tudo! 

Nós não produzimos bitcoin, nossa energia é cara, os impostos são altos e a regulamentação impossibilita qualquer tentativa legal de explorar esse setor. Por este motivo importamos BTC. Nosso bitcoin é dolarizado, os market markes daqui acompanham o avanço do dólar – isso é fato

Com a recente mudança na Petrobras, MPs de privatização dos Correios e Eletrobras sem qualquer horizonte de aprovação, um governo que está mais preocupado com as próximas eleições, problemas para conter a pandemia e uma oposição cada vez mais unida temos um cenário de caos perfeito.

Infelizmente (ou felizmente?), perfeito para a alta do dólar. Enquanto Guedes for o liberal de estimação de Bolsonaro a Faria Lima pode até tentar ignorar a realidade, mas não poderá ignorar as consequências dessa realidade. 

5. A arca de Noé não está cheia

O bitcoin é a arca de Noé contra o dilúvio de dinheiro dos Bancos Centrais. A chuva ainda não bateu nas calças de boa parte da população, mas os efeitos de uma inflação já são sentidos pelos mercados.

Os yields do Tesouro norte-americanos subiram na semana passada devido aos temores de uma inflação. O FED e o BCB já cogitam subir a taxa de juros. E qual a saída se a inflação subir ainda mais?

Dificilmente você sairá por aí com barras de ouro no bolso para fazer compras. Mas com certeza pode ir no Outback e pagar com seu ouro digital usando a carteira da Bitfy, como fez nosso CEO:

Não se engane, o varejo ainda não entrou no bitcoin como poderia, dados do Google mostram isso: 

Por fim, lembro que esse post não é uma oferta ou incentivo a qualquer investimento. Analise os dados por você mesmo e invista de acordo com seu perfil. 

Perfil de investidor: faça o teste e descubra o seu


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!