Cointimes Awards

O mercado das criptomoedas amanheceu em um mar vermelho de preços após um período próspero de alta que estava sendo comparado ao bullrun de 2017. Bitcoin perdeu US$ 3.000, cerca de 15% do seu valor, a maior parte das criptomoedas tiveram quedas mais expressivas de cerca de 20%, Mas por que essa queda ocorreu? Entenda os principais motivos.

1) Volatilidade da Bullrun

Preço do Bitcoin nos bullrun de 2017. Fonte: Tradingview.
Preço do Bitcoin nos bullrun de 2017. Fonte: Tradingview.

Tanto o rally de 2013 quanto o de 2017 ocorreram em meio a fortes correções do preço de mais de 30% do valor da criptomoeda, e dessa vez o mesmo cenário parece estar se formando. 

Vale ressaltar que a volatilidade do Bitcoin nesse rally de preços está menor que nos anos anteriores. Parte disso pode ser creditado a entrada dos investidores institucionais nesse mercado. Esse tipo de investidores tendem a alocar recursos a longo prazo, sendo muito menos emocionais que os investidores de varejo.

Por fim, essa correção pode ser considerada completamente normal e esperada, e dado o índice de ganância que aculmula 93 pontos, é possível que haja uma nova correção de preços. Mas não é possível afirmar com certeza, visto que o cenário dessa temporada de alta do Bitcoin é sensivelmente diferente que a de 2013 e 2017.

Cointimes Awards

2) Rumores de regulamentação

Brian Armstrong, CEO da Coinbase, fez uma thread no Twitter falando sobre rumores de uma regulamentação no mercado de criptomoedas antes do fim da administração Trump. Esses rumores podem ter afetado o preço desses ativos.

Leia mais: Preço do Bitcoin cai com rumores de regulamentação pesada nos EUA

3) A US$ 20 mil todos podem realizar lucros

US$ 20 mil dólares é um forte ponto de resistência para o Bitcoin, é bem provável que muitas pessoas que compraram esses criptoativos na alta máxima de 2017 queiram se desfazer dos seus investimentos. De modo que a grande maioria das pessoas que esperaram o tempo suficiente obtiveram lucro.

4) Medo vs ganância 

O indicador que mede a ganância e o medo do mercado estava apontando a quase um mês para um cenário de extrema ganância. Nesse ponto, é normal e esperado uma correção do mercado, pois com um forte aumento no preço, muitos investidores veem uma oportunidade para realizar um trade e lucrar com a operação.

Cointimes Awards
Índice de medo e ganância do mercado de Bitcoin. Fonte: Alternative.me.
Índice de medo e ganância do mercado de Bitcoin. Fonte: Alternative.me.

O comportamento do cripto mercado é muito emocional. As pessoas tendem a ficar gananciosas quando o mercado está subindo, o que resulta em FOMO (medo de perder). Além disso, as pessoas costumam vender suas moedas em reação irracional ao ver números vermelhos. Com nosso Índice de Medo e Ganância, tentamos salvá-lo de suas próprias reações emocionais, afirma o site.

Apesar da correção, o índice de ganância caiu somente um ponto, o que indica que outra correção pode estar por vir.

5) OKEx retoma retiradas

A exchange OKEx, uma das principais empresas do mercado oriental, havia suspendido os saques na corretora após o dono da empresa ter sido supostamente preso. Na época do ocorrido, havia cerca de 200 mil bitcoins sob custódia na exchange.

Os saques da corretora retornaram normalmente hoje, dia 26 de novembro, e cerca de US$ 50 milhões já foram sacados. Esses ativos estavam até então, em um tipo de hold forçado. Uma vez que a corretora liberou os saques dos mesmo, parte dos detentores das criptomoedas e tokens tem agora a opção de vendê-los, especialmente nesse momento com o lucro realizado nas últimas semanas.

Leia mais: Rio de Janeiro é estado que mais pesquisa sobre a “criptomoeda da darknet”

Cointimes Awards

Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br